São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - segunda-feira 18 de dezembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.349 - Visualizações: 19.638.129 - Postagens: 32.192

Aécio diz que tucanos apoiarão “cunhista” na Câmara. Aécio não apita mais nada…

 
Aécio não apita mais nada no PSDB

Por Fernando Brito · 09/07/2016

Do Estadão, no fim de noite de ontem:

 O presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), sinalizou, em entrevista ao Broadcast Político, serviço de notícia em tempo real da Agência Estado, que o partido pode deixar de lançar candidato à sucessão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em troca do apoio do governo Michel Temer para comandar a Casa nos próximos dois anos.

Metade da bancada tucana na Câmara não gostou nada, porque vai entrar na conta do “acordão salva-Cunha”

Aécio, diz o jornal , “fala em “reciprocidade” com o PMDB a partir de 2017 ao defender que o PSDB tenha “protagonismo”. Em fevereiro do próximo ano, quando haverá renovação das Mesas Diretoras da Câmara e do Senado, a preocupação é que o PMDB não tenha hegemonia da agenda do Congresso e não ocupe os dois principais cargos da linha sucessória da Presidência da República, que também pode ficar com o partido caso o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff seja aprovado no segundo semestre.

“O tucano admitiu que é preciso ter “atenção” em relação aos partidos do Centrão, que ganharam espaço político na gestão Temer e que devem lançar candidatos. Mas contemporizou ao dizer que essas legendas sempre foram aliadas do PSDB. “É absolutamente possível manter o apoio com esse grupo político sem desprezar a relevância de ter apoios de partidos sintonizados com a sociedade como é o caso do PSDB”, afirmou.”

Estou procurando aqui no dial algum sinal de que o PSDB seja um partido sintonizado com a sociedade.

O PSDB de Aécio – que não é o PSDB do governo – espera pateticamente que Temer vai doar-lhe o poder em 2018.

Aécio não percebe que é, hoje, uma figura patética.


E, por não perceber, mais patético se torna.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]