São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - domingo 17 de dezembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.348 - Visualizações: 19.638.129 - Postagens: 32.192

Caseiro é preso e Polícia procura corpos de mulheres em Paracuru

30/08/2016 - Há dois dias o Corpo de Bombeiros realiza trabalhos de buscas por corpos em um sítio localizado emParacuru, a 88 quilômetros de Fortaleza. A investigação sobre a ocultação de cadáveres começou após a prisão do caseiro Edilson Soares Pereira, de 46 anos, na última segunda­feira, 29. Ele é suspeito de estuprar e manter uma dona de casa, de 32 anos, em cárcere privado durante 19 horas no sítio em que trabalhava. O homem é investigado pelo desaparecimento de outra mulher no município.

A vítima do estupro disse que passava em frente ao sítio por volta das 9 horas do domingo, 28, quando foi agarrada pelo caseiro e a partir daí sofreu estupros durante todo o dia. Ela afirma foi amarrada e torturada com um facão, permanecia todo o tempo despida, além de ser obrigada a assistir o homem explicar com detalhes a forma como iria mata-­la.

"Ele me amarrou e me colocou para ficar andando no quintal. Ficava rindo da minha cara. Ele me mostrou quatro covas ali e dizia que a quinta seria a minha. Que cortaria meus braços e mostrava o local que ia fazer os cortes. Mostrou um saco plástico preto que dava para umas duas pessoas e disse que ia me esquartejar e levar no saco em um carrinho de mão. Se não conseguisse cavar e enterrar, jogaria meu corpo em um terreno baldio", relata vítima.

O que salvou a vítima do estupro foi um remédio que ela não ingeriu. "Ele me mandou tomar um remédio e disse que era para dor, mas eu não tomei. Ele dormiu e eu peguei a chave e abri o cadeado. Corri para a rua nua e pedi ajuda", relatou.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]