São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - segunda-feira 18 de dezembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.349 - Visualizações: 19.638.129 - Postagens: 32.192

Deputado Paulo Pimenta enfrenta juiz Sérgio Moro na Câmara e ele se acovarda, assista


O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), em audiência pública na Câmara dos Deputados para debater os “10 mandamentos contra a corrupção”, enfrentou o juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, da Lava Jato


05/08/2016 - O parlamentar do PT criticou a seletividade da justiça no Brasil, como nos caso Banestado; e a falta de medidas de combate à corrupção contra juízes e procuradores que vendem sentença.

“O pior é a impunidade e a seletividade. […] Seletividade que permite que a imprensa, a Justiça, não tenha cobrado na época da investigação do Banestado tanto rigor, tanta eficiência, tanta punição, como gostaríamos que tivessem em todos os casos, não só em alguns”, afirmou.

Durante a audiência, ao defender a adoção de leis americanas pelos juízes brasileiros, Sérgio Moro foi rebatido por Pimenta: “Quando se fala da legislação americana, imagina se um juiz de primeira instância nos Estados Unidos captasse de maneira ilegal uma conversa entre Bill Clinton, ex-presidente norte-americano, e Barack Obama e jogasse nas redes de televisão, qual teria sido a atitude da justiça americana? E então por que nós não pegamos esses exemplos para serem adotados no Brasil”, questionou Pimenta.

O deputado também condenou a condução coercitiva, sem justificativa, do ex-presidente Lula, apenas para gerar manchetes nos meios de comunicação, e lembrou que essa arbitrariedade foi criticada até por ministros do STF como excessivas e desnecessárias.

O juiz Sérgio Moro disse que ouviu a fala do deputado Paulo Pimenta, mas que não iria comentar casos concretos.



0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]