São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - segunda-feira 23 de outubro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.293 - Visualizações: 18.935.765 - Postagens: 32.192

Em Fortaleza, Lula defende Dilma e chama Temer de ‘golpista’



Postado em 2 de agosto de 2016 | Estadão

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou, na noite desta segunda-feira (1º), da convenção que oficializou a candidatura da deputada federal Luizianne Lins (PT) à prefeitura de Fortaleza. O petista usou boa parte de seu discurso para defender a presidente afastada Dilma Rousseff e atacar o presidente em exercício Michel Temer, a quem chamou de “golpista”. Lula pediu empenho da militância petista para eleger Luizianne, que vai para a disputa sem o apoio de outras legendas.

“O PT está sozinho outra vez. O PT não tem aliança, não tem dinheiro. Não vai ter empresário para doar dinheiro. Eu, em vez de ficar lamentando isso, eu dou graças a Deus. Porque a gente vai voltar a trabalhar com amor como a gente sempre trabalhou. Menos dinheiro e mais sola de sapato. Menos dinheiro e mais criatividade. É assim que a gente vai ganhar”, disse Lula.

Sobre Dilma, que enfrenta um processo de impeachment no Senado, o ex-presidente afirmou que, dos três senadores cearenses, apenas José Pimentel (PT) se diz contrário ao afastamento definitivo da petista. “Os outros dois não estão”, disse, referindo-se a Tasso Jereissati (PSDB) e a Eunício Oliveira (PMDB). Reclamou, ainda, de a imprensa não cobrir as viagens que a presidente afastada tem feito pelo Brasil.

Luizianne e Lula chegaram ao local da convenção, o ginásio da Faculdade Ari de Sá, no centro de Fortaleza, em um fusca vermelho, ano 1969. O carro será o símbolo da campanha da petista. “Lôra, me busca, me leva no teu fusca”, gritou a plateia na hora do discuso da candidata. Ela aproveitou para ressaltar que a campanha estava com dificuldade financeira e brincou: “Vamos cobrar R$ 0,50 por cada voltinha”.


(…)

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]