São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quinta-feira 17 de agosto de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.220 - Visualizações: 17.954.957 - Postagens: 31.406

Câmara dos Deputados traiu Eduardo Cunha: 450 a 10

Janot venceu: Cunha viveu o suficiente para golpear Dilma



Urubóloga e o do olho esbugalhado e a gengiva ampla assumem no Supremo

13/09/2016 - Depois de quatro horas de debates e ao fim de um ano de procrastinação, finalmente, a Câmara dos Deputados traiu Cunha e cassou seu mandato.

Como se sabe, Cunha bancou a eleição de 267 deputados com dinheiro de propina.

Como diz o Ciro Gomes, Cunha e Temer eram sócios na instalação de jabutis em emendas parlamentares.

Por vingança, Cunha preparou o impeachment da Dilma, sem prova. Sem crime.

Os deputados votaram pelo impeachment, na esperança de trancar a Lava Jato só com o PT lá dentro.

É possível que isso aconteça: o Gilmar e o Janot vão entupir as veias das delações da OAS e da Odebrecht.

Mas, nunca se sabe...

E, como disse o bravo deputado Sílvio Costa de Pernambuco, todos traíram Cunha - inclusive o PSDB.

E, mais do que todos, lembrou Costa, mais do que todos traiu o Temer.

Em tempo: a GloboNews mostrou que Fernando Gabeira, Mara Gabrillis e o notório Heráclito Fortes foram consolar Cunha, escanteado no plenário, como um cão (agora) danado. O Janot venceu! Deu-lhe vida enquanto tinha licença para derrubar uma Presidenta honesta.

Em tempo2: Cunha disse que ia derrubar dois presidentes. Não tem caráter nem pra isso...

Em tempo3: finda a serventia, vamos ver se o Moro ainda se interessa pelo Cunha.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]