São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sexta-feira 18 de agosto de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.221 - Visualizações: 17.954.957 - Postagens: 31.406

Globo escala o imbecil do Faustão para bater até sangrar o golpista Temer, a fim de provocar Eleições Indiretas em 2017


Responsável direta pelo golpe parlamentar de 2016, a Globo emitiu, neste domingo, seu primeiro sinal de insatisfação com os rumos do governo Temer, que, até agora, só produziu recessão e déficit público; a crítica veio no "Domingão do Faustão" e teve como tema a reforma do ensino médio, proposta por Mendonça Filho; "Então, o país que mais precisa de educação faz uma reforma com cinco gatos pingados que não entende porra nenhuma, que não consulta ninguém e aí, de repente, tira a educação física, que é fundamental na formação do cidadão", disse ele; neste domingo, o ex-presidente FHC disse que Temer corre o risco de não chegar a 2018 e nas redes sociais ganha força a tese de que ele poderá ser derrubado em 2017, para que o País tenha eleições indiretas

25 DE SETEMBRO DE 2016

Responsável direta pelo golpe parlamentar de 2016, a Globo soltou, neste domingo, seu primeiro disparo contra o governo Michel Temer, no "Domingão do Faustão"

"Então, o país que mais precisa de educação faz uma reforma com cinco gatos pingados que não entende porra nenhuma, que não consulta ninguém e aí, de repente, tira a educação física, que é fundamental na formação do cidadão", disse o apresentador, para aplausos dos presentes no estúdio.

"Aí, quando você percebe, um país como esse, que tem uma saúde de quinta [categoria], não tem segurança, não tem emprego, não tem respeito a profissões básicas. O país que não respeita professor, pessoal da polícia e pessoal da área de saúde e um país que não oferece o mínimo ao seu cidadãos", completou Faustão.

FHC um dos articuladores do golpe, também já deu sinal verde

Neste domingo, numa nova entrevista, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, um dos articuladores do golpe, também afirmou que Temer corre o risco de não chegar a 2018.

O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que foi usado e cuspido nesse processo, também ameaça revelar, no seu livro que será lançado em dezembro, o que todos sabem: o impeachment foi uma conspiração parlamentar.

Até agora, o governo Temer tem-se mostrado incapaz de encaminhar as reformas prometidas e seus sócios no projeto de tomada de poder começam a desembarcar.

Esse movimento alimenta, nas redes sociais, a tese do "golpe dentro do golpe". Temer começaria a apanhar agora, mas só seria derrubado em 2017, evitando, assim, o risco de eleições diretas – que teriam o ex-presidente Lula como favorito. Nesse cenário, o atual Congresso, manchado pela corrupção, escolheria um novo presidente pela via da eleição indireta.

A esse respeito, confira o que postou Tico Santa Cruz:

Parece que minha tese não é lá tão absurda assim.

Quando o Faustão começa a descer o pau no Governo Temer no horário nobre da Globo, é porque o sinal verde foi dado para sangrar o golpista! A imprensa de modo geral já começa a oferecer uma postura mais firme contra o Vampiro.

Isso será de forma pontual até o fim de 2016.

A partir das primeiras horas de 2017 que Michel Temer aguarde o chumbo grosso que virá de todos os lados. Está cada vez mais evidente que ele será derrubado para que o Congresso faça eleições indiretas!

Aguardem...



1 comentários:

Anônimo disse...

Temer, manda a Receita Federal levantar o IR da Globo e do Fausto Silva.

[ Deixe-nos seu Comentário ]