São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sábado 21 de outubro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.291 - Visualizações: 18.935.765 - Postagens: 32.192

Morre tenente Marcos Paulo Lira baleado na cabeça ao tentar evitar assalto em Fortaleza


Marcos Lira estava na função de tenente da Polícia Militar há três meses. Tenente estava internado no IJF, mas não resistiu ao ferimento e faleceu


15/10/2016 - O tenente da Polícia Militar Marcos Paulo Lira, 32 anos, baleado na cabeça em Fortaleza nesta sexta-feira (14), teve morte cerebral confirmada. O agente estava internado no Instituto Dr. José Frota (IJF), mas não resistiu ao ferimento e morreu por volta das 13h, conforme a polícia.

O policial Marcos Lira foi baleado na cabeça por criminosos no Bairro Montese. De acordo com a Polícia Militar, o agente estava em um veículo administrativo da PM com um colega quando presenciou um assalto.

Segundo o Relações Públicas da Polícia Militar, tenente-coronel Andrade Mendonça, o agente de segurança desceu do veículo e tentou evitar o crime. Houve tiroteio entre os policiais e os criminosos. A vítima levou dois tiros e um atingiu a cabeça.

Um dos bandidos foi atingido pelos tiros e morreu no local. Um segundo assaltante ficou ferido. O terceiro bandido conseguiu fugir.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para o local e encaminhou o tenente em estado grave para o Hospital Instituto Dr. José Frota (IJF), no Bairro Centro, em Fortaleza. Ele recebeu atendimentos médicos, ficou internado, mas não resistiu.

Marcos Lira estava na função de tenente da Polícia Militar há três meses. Ele trabalhava na 2ª Cia. do 5º Batalhão da PM, no Centro de Fortaleza.

Associações lamentam morte

A Associação dos Cabos e Soldados Militares emitiu uma nota lamentando o assassinato do policial Marcos Lira. "A ACSMCE manifesta as mais sinceras condolências à família, amigos e companheiros de trabalho do tenente Marcos Lira. Estendemos nosso pesar e solidariedade  todos, desejamos que Deus esteja confortando a família enlutada para que possam com brevidade superar a inestimável dor desta perda", informou associação.

A Associação dos Profissionais de Segurança (APS) também se solidarizou com os familiares do agente assassinado. "Apresentamos nossos sentimentos de solidariedade e respeito pela imensa dor que, com certeza, invade a alma de todos os que conviveram com a vítima. Que Deus possa consolar o coração de todos os seus familiares e amigos, neste momento tão difícil", disse.

Números

Com a morte do tenente Marcos Lira, subiu para 21 o número de policiais mortos neste ano no Ceará. O caso mais recente no dia 9 de setembro, no município de Morada Nova, Região Jaguaribana.

Um sargento da Reserva da Polícia Militar foi assassinado na localidade de Felipa de Cima. O sargento José Adailson Ferreira do Nascimento, de 68 anos, foi abordado por três homens que estavam a pé e já chegaram atirando. A vitima foi atingida por quatro disparos.

Policiais baleados

Além do tenente Marcos Paulo, outros dois policiais foram baleados nesta sexta-feira (14). Por volta das 3h, um sargento foi atingido no braço durante uma tentativa de assalto em um ônibus na rodovia CE-060, em Quixarambim. Já no Bairro Quintino Cunha, em Fortaleza, um um policial foi baleado durante uma tentativa de assalto a um mercadinho.


1 comentários:

Gaara Sand disse...

Essas noticias me REVOLTAM porque hoje a PM CE não tem mais autoridade eu lembro que na década de 80 quando falava o nome COI que era uma das policias na época os marginais tremiam de medo hoje nossos herois da PMCE estão sendo executados e nada é feito essa MALDITA RAÇA de MARGINAIS deveriam ser todos ELIMINADOS da sociedade eu tenho um verdadeiro NOJO deste atual governo que atou as mãos dos nossos policiais.

[ Deixe-nos seu Comentário ]