São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sábado 16 de dezembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.347 - Visualizações: 19.638.129 - Postagens: 32.192

Cabral troca o terno de R$ 22 mil pelo uniforme penitenciário


Foram divulgadas nesta sexta-feira, 18, as primeiras imagens do ex-governador do Rio Sérgio Cabral, do PMDB, como detento da Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu; de uniforme verde e calça jeans da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), e com cabelo cortado à máquina, Cabral posou para fotos logo depois de ser inserido no sistema carcerário do estado; o ex-governador passou a primeira noite na prisão dividindo uma cela de nove metros quadrados com outros cinco presos na operação Calicute, da Polícia Federal; no café da manhã, aceitou o cardápio padrão da unidade: um pão com manteiga e café com leite; preso acusado pelo MPF por receber "mesadas" de até R$ 500 mil de empreiteiras, Sérgio Cabral começa nova fase da vida, completamente diferente da que estava acostumado

18 de Novembro de 2016

As primeiras imagens do ex-governador como detento da Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, foram divulgadas nesta sexta-feira, 18. De uniforme verde e calça jeans da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), e com cabelo cortado à máquina, Cabral posou para fotos logo depois de ser inserido no sistema carcerário do estado.

O ex-governador passou a primeira noite na prisão dividindo uma cela de nove metros quadrados com outros cinco presos na operação Calicute, da Polícia Federal. No café da manhã, aceitou o cardápio padrão da unidade: um pão com manteiga e café com leite. O cardápio do presídio inclui também arroz ou macarrão, feijão, farinha, carne branca ou vermelha (carne, peixe, frango), legumes, salada, sobremesa e refresco no almoço e no jantar, enquanto o lanche é um guaraná e pão com manteiga ou bolo.

Sérgio Cabral foi preso, acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) por receber "mesadas" de até R$ 500 mil de empreiteiras. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Cabral chefiava a organização criminosa e chegou a receber R$ 2,7 milhões em espécie da empreiteira Andrade Gutierrez, por contrato em obras no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

Sérgio Cabral começa nova fase da vida, completamente diferente da que estava acostumado. Como quando foram divulgadas imagens do ex-governador no restaurante Le Louis XV, no Hôtel de Paris, em Mônaco, o mais caro do mundo. Do chef Alain Ducasse, o local tem de uma "lendária" adega de 600 mil garrafas e acesso a um spa luxuoso, o Thermes Marins Montecarlo.

Foi nessa ocasião que a então primeira-dama Adriana Ancelmo foi presenteada com um anel avaliado em R$ 800 mil. As excentricidades do ex-governador estão detalhadas pelo juiz federal Sérgio Fernando Moro, na decisão que determinou a prisão do político. Só em vestidos de festa para a ex-primeira dama do estado do Rio foram gastos R$ 57.038,00 em espécie.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]