São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quinta-feira 19 de outubro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.289 - Visualizações: 18.935.765 - Postagens: 32.192

Dois homens foram executados e uma mulher baleada durante ação criminosa no Quintino Cunha em Fortaleza


Uma das vítimas do crime é acusada de envolvimento na morte de um policial militar, em 2014


18/11/2016

Dois homens foram executados e uma mulher baleada durante ação criminosa na Travessa Santa Rita, no bairro Quintino Cunha, na tarde desta sexta-feira, 18. Quatro criminosos encapuzados em um carro preto passaram na via e efetuaram vários disparos contra um grupo no local, segundo informações da Polícia Militar (PM).

As vítimas executadas são Israel de Sousa Lima, 18 anos, sem antecedentes criminais, e Robson Rodrigues Pereira, 21, que responde por um homicídio e dois roubos. Uma mulher de 58 anos, passava pelo local e foi baleada no tórax, sendo socorrida para uma unidade de saúde.

Robson sofreu seis tiros, enquanto Israel foi morto com um disparo, conforme o sargento Nery, do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM). O rapaz de 18 anos estava em Fortaleza há uma semana, vindo de Apuiarés, e havia saído de casa para comprar um cigarro, quando foi interceptado pelos criminosos. 

Estiveram no local equipes do Ronda do Quarteirão, da Perícia Forense, do 17º Distrito Policial (DP) e da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Mais informações sobre o caso não foram repassadas pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), segundo a pasta, para não atrapalhar o andamento dos trabalhos policiais. 

Vítima envolvida em morte de PM

Robson Rodrigues Pereira foi preso em 2014 por envolvimento do policial militar José Henrique Serra Azul Júnior, 32 anos, do Batalhão de Policiamento de Eventos (BPE), assassinado no bairro Quintino Cunha, após discussão em um bar. 

Em outubro deste ano, o juiz Fernando Antonio Pacheco Carvalho Filho, que responde pela 2ª Vara do Júri de Fortaleza, decidiu que os quatro acusados da morte do PM José Henrique iriam a Júri Popular, entre eles, Robson Rodrigues Pereira.


O Povo

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]