São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sexta-feira 15 de dezembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.346 - Visualizações: 19.638.129 - Postagens: 32.192

Geddel Vieira Lima chora a perda do “Minha Casa, Minha Vista”. É o “percevejo de Gabinete”, dizia Itamar…


POR FERNANDO BRITO · 22/11/2016

Ridículo o choro do Ministro da Secretaria de Governo de Michel Temer por conta da denúncia de seu ex-colega de ministério, Marcelo Caleiro, de  que pressionava pela liberação de um espigão vetado em Salvador pelo Iphan.

Mais ridículo ainda é dizer que “o assunto está encerrado”, ainda mais porque a Comissão de Ética acaba de abrir contra ele um processo.

Não senhor, o assunto é público, porque o senhor exerce um cargo público e a tentativa de mutreta era sobre um órgão público.

O negócio privado, se é que foi mesmo uma compra não deveria ser problema. Como o prédio não está senão nas fundações e, comprado na planta, não deve ter havido senão uma pequena entrada – pelo menos é assim para nós, mortais, que corremos o risco de comprar no projeto, para sair mais barato – que basta ser devolvida, com as devidas correções pela construtora.  Ou será que o negócio foi de outro tipo?

É curioso que Lula esteja sendo processado por não comprar um apartamento muito mais modesto que o de Geddel, e o ministro confesse ter feito pressão pela liberação da obra sem que ninguém queira saber como e por quanto, ainda mais que está irregular.

Aliás, é mais que procedente a pergunta do Diário do Centro do Mundo sobre o silêncio do MP no caso.

O que fez Geddel chorar não foi perder o “Minha Casa, Minha Vista” – tão bacana que o espigão de chama La Vue – na torre de 107 metros junto à praia. É a perspectiva iminente que, mesmo com os carinhos de Temer – falsos como notas de R$ 3 – venha perder o cargos que lhe rende  tanto…digamos, prestígio.

Cargo, aliás, é algo de que ele gosta tanto que, em 2002, o ex-presidente Itamar Franco o chamava de  “percevejo de gabinete”.


Percevejo, como se sabe, é aquele bichinho perfumado.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]