São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 22 de agosto de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.225 - Visualizações: 17.977.957 - Postagens: 31.406

Vereador José Roberto Alves da Costa de Nova Russas e mais quatro são presos em Guaraciaba do Norte suspeitos de roubo a banco

19/11/2016

O vereador reeleito de Nova Russas José Roberto Alves da Costa (PRTB) está entre os cinco homens que foram presos, na tarde da última sexta-feira, 19, por suspeita de participação em assaltos a banco e por planejar outras ações no município de Guaraciaba do Norte, a 309 km de Fortaleza. As prisões foram divulgadas neste sábado.

O grupo foi capturado pelo Comando Tático Rural (Cotar), da Polícia Militar. Após assalto à agência do Banco do Brasil da cidade de Castelo do Piauí, naquele Estado, que faz divisa com o Ceará, havia possibilidade de fuga pelo interior cearense e, por isso, o Cotar fazia diligências.

Durante a ação criminosa, ocorrida por volta das 2 horas da sexta-feira, a cidade piauiense foi sitiada por criminosos, que utilizavam armamento pesado, como escopetas de calibre 12 e fuzis. Vários tiros foram disparados e caixas eletrônicos foram explodidos. Não houve feridos.

Segundo o relações públicas da PM, tenente-coronel Andrade Mendonça, ainda na sexta-feira, a patrulha do Cotar foi informada do ataque e recebeu um alerta sobre possível assalto a banco na região da Ibiapaba.

Por volta das 15 horas, durante abordagem a um automóvel modelo Audi A3, com placas de Juiz de Fora (MG), em Guaraciaba, os policiais suspeitaram da atitude dos ocupantes, que se mostraram “nervosos” e não possuíam documentação.

Dois deles foram identificados como: Daniel Delmiro José Rodrigues, natural do Rio de Janeiro, que estava foragido da penitenciária de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), também por assalto a banco; e Rodrigo Honorato Alves, também carioca, foragido do presídio de Bangu (RJ). Os outros dois suspeitos, que não tiveram os nomes informados, seriam um cearense e um mineiro.

Áudios

Nos celulares do grupo foram encontradas diversas conversas e mensagens de áudio trocadas com o vereador. O teor dos diálogos, conforme o tenente-coronel, era referente a levantamentos para a realização de um assalto a carro-forte, na BR-222, em “Aprazível”, possivelmente na região Norte do Estado, em Sobral. “Segundo levantamento do Cotar, a função do vereador era realizar a logística da quadrilha”, disse Mendonça.

Com base nas informações colhidas, a PM acionou a Polícia Civil e o vereador foi capturado. O grupo foi trazido para a Capital, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O flagrante foi lavrado na Delegaria de Roubos e Furtos (DRF).

Delegado-adjunto da DRF, Eduardo Tomé confirmou as prisões, inclusive a do vereador, mas informou que não poderia dar mais detalhes sobre a ocorrência, cujo flagrante foi realizado na madrugada deste sábado, 19. A assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS) informou que uma entrevista coletiva será realizada na segunda, quando detalhes do caso e atuação de cada um dos suspeitos serão esclarecidos.


THIAGO PAIVA

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]