São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sábado 21 de outubro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.291 - Visualizações: 18.935.765 - Postagens: 32.192

Magno Alves e Ricardinho reeditam dupla dos três títulos mais recentes do clube



POR: FERNANDO GRAZIANI | 26/12/2016

Em campo, o grande momento do Ceará recentemente foi a conquista da Copa do Nordeste 2015. De lá pra cá, o time brigou para não ser rebaixado para a Série C no mesmo ano, foi quinto colocado no Campeonato Cearense 2016, eliminado precocemente nas quartas da Copa do Nordeste e fez uma Série B insuficiente para brigar pelo acesso, além das quedas em duas edições da Copa do Brasil.

Em 2017, da equipe titular campeã na final histórica do regional contra o Bahia, no Castelão, apenas dois atletas estarão no elenco, justamente Ricardinho e Magno Alves, recém anunciados como reforços para a próxima temporada. Juntos, eles também foram campeões cearenses em 2013 e 2014, o que torna emblemática a reedição da dupla. Assim como o clube, que se não ganhar o Campeonato Cearense completará dois anos sem título, ambos carregam objetivos de recuperação.

Ricardinho, 31 anos, se transferiu para a Arábia Saudita e, com contusão grave, não teve sucesso no Al-Ettifaq. Magno Alves, 40 anos, foi realizar o sonho de atuar com a camisa do Fluminense novamente mas, na reserva durante um ano e meio, marcou nove gols em 64 partidas, das quais em apenas 16 começou jogando.

Dos jogadores que ficaram da temporada passada e das novas contatações anunciadas, são, disparadamente, os melhores tecnicamente. Evidente que a busca da condição física ideal será fundamental. Há atletas que conseguem produzir bem estando abaixo do necessário, mas nem Ricardinho e nem Magno se encaixam nesse perfil. E não há dúvida: o sucesso do Ceará no ano que vem passa muito pelo que ambos vão entregar.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]