São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quarta-feira 23 de agosto de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.226 - Visualizações: 17.977.957 - Postagens: 31.406

Temer vai dar R$ 40 bilhões de presente às Teles, para isso ele tem dinheiro



Governo de Michel Temer deve sancionar nesta semana lei que perdoa R$ 20 bilhões em multas aplicadas contra empresas de telefonia e ainda transfere às teles patrimônio físico, avaliado em R$ 20 bilhões, que deveria ser devolvido à União em 2025; contrapartida das empresas será investir valor semelhante em seus negócios para, supostamente, melhorar o serviço prestado ao consumidor; caso é tão escandaloso que foi denunciado até por Veja, da Abril, que é uma das avalistas do golpe parlamentar de 2016

18 de Dezembro de 2016

Enquanto penaliza os mais pobres com arrochos na previdência e limita gastos na saúde e educação, com a PEC do Teto, o governo de Michel Temer (PMDB) vai dar esta semana um presente bilionário para as empresas de telefonia.

De autoria do deputado federal goiano Daniel Vilela (PMDB), o projeto criado para modernizar as regras das telecomunicações, na verdade perdoa multas de R$ 20 bilhões, aplicadas às teles, e ainda repassa para as empresas todo patrimônio físico que ela teriam que devolver à União em 2025. O presentão de Temer às teles soma R$ 40 bilhões.

A lei já passou pela Câmara dos Deputados e Senado e deve ser sancionada esta semana pela presidência da República. A revista Veja, na sua mais recente edição, chama o projeto de "presente bilionário" e "escândalo silencioso".

O patrimônio físico usado pelas teles (imóveis, antenas, torres, cabos, redes), que agora passa a ser delas em definitivo, foi avaliado pelo Tribunal de Contas da União em pelo menos R$ 100 bilhões.

A contrapartida das empresas será investir valor semelhante em seus negócios para, supostamente, melhorar o serviço prestado ao consumidor.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]