São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - segunda-feira 21 de agosto de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.224 - Visualizações: 17.954.957 - Postagens: 31.406

Globo força a barra, distorce, manipula e mostra um fictício crescimento de 2%



Embora as vendas do comércio tenham caído 3,5% em novembro, na comparação com o mesmo mês do ano passado, o portal G1, da Globo, distorce os dados e compara novembro com outubro, para tentar mostra um fictício crescimento de 2% após quatro meses de queda; como em novembro e dezembro as vendas sempre crescem, assim como caem em janeiro, em razão da sazonalidade, o padrão correto é usar sempre as mesmas bases de comparação, ou seja, novembro de 2017 contra novembro de 2016; esforço da Globo visa criar uma percepção positiva diante do fracasso econômico do golpe que ela avalizou, representado na figura de Michel Temer

11 DE JANEIRO DE 2017

O comércio recuou 3,5% em novembro (leia aqui), mas, na Globo, houve crescimento de 2% (leia aqui).

A notícia é exatamente a mesma, mas a diferença nos resultados se deve à tentativa da Globo de torturar os dados para buscar uma boa notícia econômica no governo Temer.

O portal G1, da Globo, compara novembro com outubro, e não com novembro do ano passado, que seria a base de comparação adequada.

Como em novembro e dezembro as vendas sempre crescem, em razão de fenômenos como a black friday e o Natal, assim como caem em janeiro, devido às férias, o padrão correto é levar em conta a sazonalidade e usar sempre as mesmas bases de comparação, ou seja, novembro de 2017 contra novembro de 2016.

O esforço da Globo, na prática, visa criar uma percepção positiva diante do fracasso econômico do golpe que ela avalizou, representado na figura de Michel Temer, que, segundo o escritor Fernando Morais, é um preposto da família Marinho no poder.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]