São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sábado 21 de outubro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.291 - Visualizações: 18.935.765 - Postagens: 32.192

O deputado do DEMO que quer “acabar com masturbação na rede” tem coragem de peitar a Globo-pornô?



POR FERNANDO BRITO · 05/01/2017

A direita brasileira perdeu as estribeiras.

Três dias, três espetáculos ridículos.

O de João Dória vestido de gari, “varrendo” por 10 segundos uma rua que já havia sido até lavada para recebê-lo.

A Dona Janaína Paschoal, animada pelo exemplo, proclamando ser, de agora em diante, fiscal de latrinas no Ibirapuera.

E agora o dublê de deputado do DEM e cantor gospel Marcelo Aguiar, que ganhou os jornais de ontem com a proposta de uma lei que obrigue os provedores de internet de detectarem e interromperem o fluxo de dados na rede quando detectarem que o que está sendo transmitido é pornografia,  para evitar  a masturbação.

Não é o único imbecil demagogo, tanto que seu projeto vai tramitar (Deus meu, isso vai tramitar!) juto com outros, o  do tucano de Goiás Célio Silveira, que quer fazer o mesmo nos smartphones e do Pastor Franklin, de Minas, que quer que todo mundo tenha de fazer um cadastro para navegar na internet…

Vou sugerir uma atividade mais útil para o pastor-cantor Marcelo Aguiar.

Ele pode tentar fazer alguma coisa contra um comercial da Globo, onde ela vende seu produto Globo Play com cenas de uma criança ganhando presentes para a vida inteira e, gratuitamente, corta para uma fila onde um homem segura uma boneca inflável para sexo.

O senhor encara a Globo, deputado, ou quer só fazer média com uma bobagem, que existe desde muito antes dos quadrinhos do Carlos Zéfiro e que, se o senhor não sabe, os próprios pais podem bloquear com filtros de conteúdo? Isso, sim, deveria ser divulgado, porque muitas pessoas não sabem o quanto é fácil instalar, de graça e na própria web.

Bem ao contrário do que acontece na TV.

Mas o senhor vai dizer que a Globo está fazendo essa “coisificação” da mulher ou acha que as mulheres devem ser mesmo bonecas infláveis, de carne e osso?


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]