São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - domingo 10 de dezembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.341 - Visualizações: 19.522.689 - Postagens: 32.192

Governo Temer continua desmoronando, outro ministro delatado pela Odebrecht se licencia para não cair


Governo Temer continua desmoronando; nesta sexta-feira, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, decidiu se licenciar; o motivo oficial é um tratamento médico para cirurgia da próstata; ontem, ele foi delatado por José Yunes, melhor amigo de Michel Temer, por pedir que ele recebesse um pacote de dinheiro em seu escritório; Padilha também está na delação da Odebrecht, por receber R$ 4 milhões em dinheiro vivo; ele é o segundo ministro a sair do governo por razões médicas; antes dele, José Serra deixou o Itamaraty alegando problemas na coluna

24 DE FEVEREIRO DE 2017

Após ser delatado por José Yunes, melhor amigo e ex-assessor de Michel Temer, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, tirou licença ontem do governo alegando problemas de saúde. Ele viajou para Porto Alegre (RS), onde tem residência, e deve fazer ainda no fim de semana uma cirurgia para retirada da próstata. Padilha sai no momento em que Yunes afirmou ter recebido, a pedido dele, um "pacote" em seu escritório entregue por Lucio Funaro, tido como operador do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.


1 comentários:

Manoel Oliveira disse...

EU ACREDITO QUE ESSE DESESPERADO SERGIO MORO DEU UMA VOLTA RÁPIDA NO PT, QUASE NÃO ENCONTROU NINGUÉM A GORA ELE VAI CANÇAR ESSA CANETA PRETA NO PMDB E DEPOIS EU ACREDITO QUE VAI PARAR, NOS SEUS COLEGAS DO PSDB E DEM, PSC E PRB. E POR ULTIMO NO PSD

[ Deixe-nos seu Comentário ]