São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quarta-feira 18 de outubro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.288 - Visualizações: 18.935.765 - Postagens: 32.192

Quem com ferro fere, com ferro será ferido: Senador, autor do parecer sem fundamento do impeachment, pode ter mandato cassado por caixa 2


05/03/2017 - Em depoimento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedito Júnior disse que  doou R$ 9 milhões em caixa dois para campanhas eleitorais do PSDB. Segundo ele, o pedido de ajuda foi feito por Aécio Neves, atual presidente do partido, e que em 2014 disputou com Dilma Rousseff a presidência da República.

O TSE investiga irregularidades ocorridas na campanha da chapa Dilma-Michel Temer. O Aécio, candidato derrotado do PSDB à época, foi quem pediu ao TSE abertura de processo a respeito. O processo foi aberto depois que começaram a surgir indícios e provas de que aconteceram irregularidades.

Conforme delação de Benedito Júnior, a Odebrecht repassou R$ 6 milhões para serem aplicados nas campanhas de Pimenta da Veiga, Antonio Anastasia e Dimas Fabiano Toledo Júnior. Pimenta da Veiga foi candidato ao governo de Minas e perdeu. Mas Antônio Anastasia foi eleito senador e  Toledo Júnior deputado federal. Os outros R$ 3 milhões foram para Paulo Vasconcelos, publicitário responsável pela campanha de Aécio.

Aécio e demais envolvidos serão incluídos em outro processo, cuja abertura será solicitada pela Procuradoria-Geral da República. Inclusive o senador Anastasia, autor do parecer de pedido de impeachment da presidenta Dilma, que pode ter seu mandado cassado por recebimento de caixa dois dessa empreiteira. Vê-se aplicado aquilo que disse Cristo ao seu discípulo Pedro:” Quem com ferro fere, com ferro será ferido”


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]