São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 22 de agosto de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.225 - Visualizações: 17.977.957 - Postagens: 31.406

Documento oficial aponta que Lula não esteve no Guarujá depois de 2011, diz defesa


Publicado: 5, abril 2017


A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou nessa segunda-feira (3) um novo documento para provar que o petista jamais passou uma noite no Triplex do Guarujá, no litoral paulista. O Ministério Público Federal acusa o ex-presidente de ser o proprietário do apartamento.

A defesa alega que Lula esteve lá apenas uma vez, para analisar se teria interesse na compra, o que não aconteceu, segundo a versão. O documento enviado pela Secretaria Geral da Presidência da República à Justiça Federal do Paraná mostra que Lula esteve pela última vez no Guarujá no início de 2011, quando ficou hospedado em uma base militar.
A defesa ainda alega que 73 testemunhas foram ouvidas nesta ação penal e nenhuma afirmou que o Triplex é de Lula.

Segundo os advogados do petista, os documentos enviados pela Secretaria Geral da Presidência podem comprovar que ele não retornou ao Guarujá no período entre janeiro de 2011 e o ano de 2017.

O processo relacionado ao Caso Triplex está em fase adiantada. Já foram ouvidas todas as testemunhas e, neste mês, o juiz Sérgio Moro começa a interrogar os réus do processo. O ex-presidente é o último a ser interrogado.

Além da compra e reforma deste apartamento no Edifício Solaris, também faz parte da denúncia o contrato de aluguel de depósitos para a guarda de bens presidenciais.

De acordo com o Ministério Público Federal, o esquema, ao todo, movimentou mais de movimentou mais de R$ 87,6 milhões. A audiência com o petista está marcada para o próximo dia 03 de maio. Lula nega todas as acusações.

Edição: Narley Resende


3 comentários:

Cícero disse...

Mais cedo ou mais tarde a verdade desnudará toda a farsa sórdida montada por Moro e os procuradores da Lava-Jato para destruir o Lula. Certamente, as decisões obscenas tomadas por Moro contra o ex-presidente serão no futuro revogadas por instâncias superiores. Mas até lá, quem pagará pelos transtornos morais a que foram submetidos Lula e toda a sua família?

A lava-jato foi criada com o propósito de promover a destruição sistemática do ex-presidente, um homem público sério, probo, íntegro, honrado, bom, justo e honesto. Mas não conseguirão destruí-lo. Lula não é um Temer, um Serra, um Aécio ou um Padilha, que se pode derrubar com qualquer acusação da Globo, sobretudo acusações falsas e levianas. Lula é simplesmente o maior estadista da História do Brasil. Seus feitos e conquistas, como presidente, já estão registrados de forma indelével na História, e não é um grupelho de procuradores fanfarrões que vai destruir a sua biografia e degradar sua memória.

Devassaram a vida do Lula e, até agora, cerca 3 anos de investigação, não encontraram nada que pudesse incriminar o ex-presidente. E para conseguir lograr algum êxito nessa cruzada desumana que promove contra o Lula, o juiz inquisidor do Paraná transformou seu gabinete num tribunal de exceção e passou a julgá-lo de forma abusiva e arbitrária, sem a observância ao devido processo legal, julgando e condenando ao arrepio da Lei, sem provas, baseado apenas em "convicções". A prevalecer essa tese de condenar com base em convicções, estaremos de volta aos tempos sombrios da Inquisição em que bastava a convicção do acusador para que o réu fosse submetido às mais cruéis torturas, sem necessidade de se provar a usa culpa.

Todo mundo sabe que o Triplex não pertence ao Lula. A Globo sabe disso. Até o Papa sabe disso. Não há qualquer prova que aponte o Lula como proprietário daquele imóvel. Mas para o Moro, isso não vem ao caso.

Quando tudo voltar à normalidade, quando forem restabelecidas a paz e a ordem sociais no país, espero sinceramente que esse juiz inquisidor sofra em sua alma imunda todas as consequências dessa sua aventura criminosa e profundamente lesiva à nação brasileira; que pague caro pelos graves prejuízos que causou à nação brasileira, sobretudo na economia com a destruição de nossas indústrias mais desenvolvidas; que o seu espírito iníquo não tenha paz; e que padeça até o fim dos seus dias, açoitado pelo chicote de sua própria consciência, se consciência tiver a sua mente insana, monstruosa, abjeta e vil.

Se o STF não fosse uma corte desmoralizada e covarde como é... Se fosse uma corte séria, isenta de politicagem, de conchavos e conluios... Se seus ministros respeitassem a Constituição Federal e as leis infraconstitucionais, não só o impeachment seria anulado, mas também já estariam atrás das grades os artífices desse Golpe sujo, que fez mergulhar os três Poderes da nossa República em um estado de profunda decadência moral e de infâmia em que se encontra, sem prazo para ter fim. Lamentavelmente!

Manoel Oliveira disse...

OLHA EU JA FALEI DO NO DESSE CRIMINOSO AGORA, GERALDO ALCKMIN, E SEUS PROCURADORES DESMORALIZADOS, JUNTAMENTE COM ESSE OUTRO DESORIENTADO SERGIO MORO, E QUEM QUEREM TIRAR LULA DELE VOLTAR A SER PRESIDENTE, MAS A IMPRENSA E O POVO VAI AJUDAR A SALVAR ESSE PODEROSO E INTELECTUAL POR SUA INTELIGENCIA DE SER PRESIDENTE MAS NÃO VÃO CONSEGUIR, ESSA E A VERDADE.

Manoel Oliveira disse...

OLHA JA FALEI, DESSE GRANDE BRASILEIRO. EU QUERIA QUE VOCÊS , QUE MORAM AI NA NOSSA TERRA, SEMPRE FALASSE, SOBRE CHUVA PARA AS PESSOAS QUE MORAM FORA DE NOSSO ESTADO,EU FALO NO WHATSAP TODO DIA MAS QUERIA SEM VER ISSO, E EU GOSTARIA QUE LEMBRASSEM A ESSE GRANDE HOMEM POLITICO, DOS ÚLTIMOS TRINTA ANOS, GOVERNADOR CAMILO SANTANA, SOBRE A DESSALINIZAÇÃO E A TRANSPOSIÇÃO DO RIO SAO FRANCISCO . E QUE VOCÊS PROCUREM OS POLÍTICOS DE TODOS OS PARTIDOS DAI, PARA AJUDA-LO NO CONGRESSO NACIONAL.

[ Deixe-nos seu Comentário ]