São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 22 de agosto de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.225 - Visualizações: 17.977.957 - Postagens: 31.406

Rodrigo Maia o presidente da Câmara levou dinheiro sem eleição


Rodrigo Maia e César Maia, levaram dinheiro sem eleição


POR FERNANDO BRITO · 11/04/2017

Do inquérito 4.431, autorizado por Luís Edson Fachin, contra o Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e seu pai, o ex-prefeito César Maia:

Consoante o Ministério Público, um dos colaboradores narra que, no ano de 2008, o Deputado Federal Rodrigo Maia solicitou e recebeu a soma de R$ 350.000,00 (trezentos e cinquenta mil reais), a pretexto de auxílio à campanha eleitoral. Entretanto, naquele ano, nem o parlamentar, tampouco seu pai, César Maria, foram candidatos a qualquer cargo eletivo. Esses pagamentos se deram com recursos não contabilizados e por intermédio do Setor de Operação Estruturadas do Grupo Odebrecht. Da mesma forma, no ano de 2010, o parlamentar Rodrigo Maia solicitou novo repasse, dessa feita para campanha de seu genitor, César Maia, sendo autorizado o pagamento de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais), dos quais R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais) por via do mesmo departamento do Grupo Odebrecht antes referido, sendo apresentado o cronograma constante no sistema “Drousys” e informado o nome de João Marcos Cavalcanti de Albuquerque, assessor do Deputado Federal Rodrigo Maia, como intermediário das operações.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]