São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 25 de julho de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.197 - Visualizações: 17.632.987 - Postagens: 31.406

As manchetes combinadas dos jornalões corruptos, mentirosos e vendidos


Jornalista Marcelo Costa dos Santos comenta a linha adotada pelos três principais jornais do País nesta quinta-feira 11, um dia após o depoimento de Lula ao juiz Sergio Moro sobre o triplex no Guarujá; "O noticiário é todo voltado para que se interprete que Lula jogou para dona Marisa o crime. Mas qual o crime mesmo? A posse do triplex? Afinal, Moro apresentou a tal prova cabal ou qualquer provinha que seja? Nem antes nem depois da audiência. Então, filhos, não tem crime e não tem empurra pra ninguém"; "Moro sequer conseguiu provar relação causal que justificasse o que ele acha que é presente da OAS às ações de Lula enquanto presidente", destaca Costa; para ele, a manchete mais honesta seria: "Moro toma chinelada e não apresenta provas de que Lula é dono do triplex"

11/05/2017

POR: MARCELO COSTA DOS SANTOS
Jornalista

As manchetes combinadas dos jornalões de hoje estão risíveis

Havia duas linhas para a manchete: a questão técnica do caso (as provas sobre a posse ou não do triplex) e o embate entre Moro e Lula (trabalhado durante toda a semana pela imprensa).

Como não dá para manchetar "Moro dá bundada no chinelo" ou "Moro dá narigada no joelho de Lula", pela óbvia jantada que levou de Lula no interrogatório, optou-se pela primeira linha.

Aí, o básico do Jornalismo exige os fatos. Foram apresentadas provas de que o triplex era de Lula? Não. O título, portanto, não poderia fugir disso. Algo como: "Moro não apresenta provas sobre triplex" ou "Caso triplex: Moro não prova que apartamento é de Lula" ou algo do tipo.

Mas não. O manual do maucaratismo continua no "nega a posse" e ainda dá a entender que Lula joga para dona Marisa (falecida) qualquer coisa de errado que tenha acontecido. Os comentários dos 'analistas' confirmam a linha de se manter uma dúvida sobre o caso. "Como dona Marisa não está viva para poder responder..."

O noticiário é todo voltado para que se interprete que Lula jogou para dona Marisa o crime. Mas, qual o crime mesmo? A posse do triplex? Afinal, Moro apresentou a tal prova cabal ou qualquer provinha que seja? Nem antes nem depois da audiência. Então, filhos, não tem crime e não tem empurra pra ninguém.

Outra. Como "confirmar a posse" de algo que não se tem documento... de posse? Imagine o Lula: "O triplex é meu mesmo. Saindo daqui vou pro Guarujá tomar um banho de mar e depois relaxar no meu triplex". Eu nunca vi alguém roubar alguma coisa ou receber um presente que não usufrui ou vende, passa pra frente.

Moro sequer conseguiu provar relação causal que justificasse o que ele acha que é presente da OAS às ações de Lula enquanto presidente. Ou seja, o que Lula fez pra OAS pra ganhar o triplex? Esse, aliás, seria o grande problema de se receber presentes. Zero provas. Nesse caso (sem provar relação entre o presente e ações que favorecessem a OAS durante seu governo), mesmo que Lula tivesse recebido o triplex de presente seria crime. Um problema ético sim, mas não crime. Entretanto, ressalte-se: zero provas sobre a posse e zero sobre a contrapartida.

A manchete mais honesta seria: "Moro toma chinelada e não apresenta provas de que Lula é dono do triplex".


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]