São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 25 de julho de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.197 - Visualizações: 17.632.987 - Postagens: 31.406

Michel Temer fez com que disparasse a vergonha de ser brasileiro


À frente de um governo ilegítimo, com oito ministros investigados por corrupção, e que conduz uma agenda contestada por 92% dos brasileiros, que veem o País no rumo errado, Michel Temer fez com que disparasse a vergonha de ser brasileiro; segundo pesquisa Datafolha, nunca houve tanta gente com esse sentimento; sob o governo de Temer, aprovado apenas por 4% da população, os brasileiros perderam o orgulho nacional; segundo o levantamento, são 34% os que se sentem envergonhados; uma parcela que é hoje quase o quádruplo do seu menor resultado, 9%, no final de 2010; os que se sentem mais orgulhosos que envergonhados são 63%, também a menor taxa da série histórica iniciada em março de 2000; no domingo, o Datafolha também deu número ao que a insatisfação nas ruas já demonstrava: 85% dos brasileiros querem Temer longe do Planalto e a convocação de diretas-já


2 DE MAIO DE 2017

Uma nova pesquisa Datafolha revela: nunca houve tanta gente com vergonha de ser brasileiro.

São 34% os que se sentem envergonhados, uma parcela que é hoje quase o quádruplo do seu menor resultado, 9%, no final de 2010.

Os que se sentem mais orgulhosos que envergonhados são 63%, também a menor taxa da série histórica iniciada em março de 2000.

No domingo, o Datafolha também deu número ao que a insatisfação nas ruas já demonstrava: 85% dos brasileiros querem Temer longe do Planalto e a convocação de diretas-já.

As informações são de reportagem da Folha de S.Paulo.

"A avaliação do Brasil como lugar para viver recuou em relação a dezembro e voltou ao patamar de julho do ano passado, quando chegou ao nível mais baixo.

Morar no país é ruim ou péssimo para 20% da população, regular para 26% e bom ou ótimo para 54%, uma queda de sete pontos percentuais desde o final do ano passado.
Embora os dois indicadores ainda revelem otimismo –as avaliações positivas superam as negativas em 34 pontos percentuais na avaliação do Brasil e em 29 em relação ao sentimento de orgulho ou vergonha–, ambos sofreram retração."


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]