São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 27 de junho de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.169 - Visualizações: 16.810.098 - Postagens: 31.078

Governo do Ceará quer abastecer o Complexo Industrial e Portuário do Pecém só com água de dunas



Técnica pioneira no País de poços horizontais, somada à bateria de poços no litoral, é alternativa para amenizar crise hídrica


01/06/2017 - É extraindo água escondida sob dezenas de metros de areia que o Governo do Estado busca alternativas para amenizar a crise hídrica. Ontem, o governador Camilo Santana (PT) iniciou obras de sistema pioneiro no Brasil que irá instalar poços horizontais embaixo das dunas do Cumbuco, em Caucaia. A estimativa é que o equipamento capte a mesma quantidade extraída por 100 poços verticais.

O projeto deve duplicar a quantidade do recurso retirado de dunas no Ceará até agosto e quadruplicar até o fim do ano. Segundo o chefe do executivo estadual, toda a água usada para abastecer o Complexo Industrial do Pecém sairá desses locais. Açudes da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) ficarão reservados ao abastecimento humano.

Atualmente, a região industrial retira da rede de abastecimento da Capital e RMF mil litros de água por segundo (L/s). A substituição prevê economia de 200 L/s por parte das empresas e o fornecimento de 200 (L/s) de cada bateria de poços instalados em dunas do Pecém, Cumbuco, Cauípe e Taíba. Além dos 42 poços já captando água no Pecém, o próximo a funcionar será o do Cumbuco, em agosto.

Pioneirismo

O sistema horizontal de poços do Cumbuco é resultado de R$ 7,2 milhões de investimento público. São mil metros de encanamentos paralelos ao solo direcionados para quatro direções diferentes. Eles são ligados a um poço vertical, que armazena toda a água e direciona para o Pecém. A tecnologia é usada para captação hídrica em portos de Roterdã, na Holanda, Hannover, na Alemanha, e Paris, na França. A técnica também é usada para a extração de petróleo.

“Somos pioneiros nessa perfuração de poços horizontais que vão pegar o lençol freático. Vamos captar essa água e jogar no sistema que vai abastecer o Pecém”, explicou o governador. Além do complexo industrial, a água do poço do Cumbuco deve atender as regiões de São Gonçalo do Amarante e Caucaia. A estimativa é de que a quantidade de água extraída pelo sistema seja equivalente a usada para abastecer uma cidade com até 200 mil habitantes, como Sobral.

Números
7,2 milhões de reais são investidos no sistema horizontal de poços do Cumbuco




0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]