São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - domingo 20 de agosto de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.223 - Visualizações: 17.954.957 - Postagens: 31.406

Ronda do Quarteirão não vai acabar, afirma o governador Camilo Santana


A polícia do Ceará passará a estar integrada nas unidades de segurança. “Nós não podemos mais ter aquela divisão dentro da polícia”, diz governador


Por Deborah Tavares
14 de junho de 2017

Por meio de um vídeo ao vivo em sua página no Facebook, o governador Camilo Santana (PT) afirmou, nesta terça-feira (13), que as informações sobre extinção do programa Ronda do Quarteirão são equivocadas.

“O que nós estamos fazendo hoje é integrar as polícias do estado do Ceará dentro das unidades integradas de segurança. Nós não podemos mais ter aquela divisão dentro da polícia, a polícia tem que trabalhar integrada“, disse.

Camilo confessou que o estado passa por um momento delicado na segurança e destacou que o grande problema, em todo o Brasil, é a impunidade.”É um dos graves problemas enfrentados pela segurança. O bandido acaba sempre repetindo o crime, porque acha que não vai dar em nada”.

Uma discussão pautada em nacionalmente, segundo ele, é a necessidade de uma maior integração do poder judiciário nas ações da área da segurança pública, para que os problemas sejam resolvidos.  “A gente precisa garantir que o bandido possa ser julgado, condenado e punido. É isso o que temos procurado no Ceará: a pactuação com o poder judiciário, com os outros órgãos do Ministério Público, com a Polícia Federal, para que a gente possa, juntos, enfrentar a violência”, pontuou.

O governador, destacou, ainda, os esforços que estão sendo feitos pelo governo para a melhoria da segurança pública e a necessidade de mais policiais para desenvolver a estratégia traçada para a segurança.

“Nós estamos aumentando o efetivo. Fiz o maior concurso da polícia militar que um governo já fez. Estamos com 4.200 homens e já convoquei, em maio, mais 1.400. Fiz o concurso da Polícia Civil, devo chamar mais policiais esse ano. Precisaremos de mais pessoas. Estamos ampliando o Raio, colocamos em todo o interior e vou dobrar o raio na capital cearense. Estamos comprando motos, vamos entregar mais de 350 viaturas novas na Polícia Militar e Polícia Civil da Região Metropolitana e estamos comprando duas aeronaves, vamos receber a primeira em dezembro, para garantir mais tranquilidade”, disse.

Promessa

Em 2014, ainda tentando a candidatura ao governo do Ceará, Camilo Santana já havia prometido uma reformulação no programa Ronda do Quarteirão, programa lançado pelo ex-governador Cid Gomes.

“Temos que voltar à origem. O policial sabia que a hora em que o padeiro saía do trabalho, conhecia as pessoas”, afirmou, na época, em entrevista ao jornal Tribuna Band News Primeira Edição. Camilo defendeu a necessidade de reorganizar a “estrutura hierárquica” e a “disciplina” das polícias, além de prometer um aumento no efetivo de servidores da segurança e o número de delegacias.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]