São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quinta-feira 17 de agosto de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.220 - Visualizações: 17.954.957 - Postagens: 31.406

2ª turma do Programa Jovem Aprendiz CSP tem sua aula inaugural



26/07/2017 - A 2ª turma do Programa Jovem Aprendiz CSP (PJA), formada por 35 moradores da região de São Gonçalo do Amarante e Caucaia, teve sua aula inaugural na manhã desta quarta-feira, 26/7, no Centro de Treinamento da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). Participaram das boas-vindas o presidente da siderúrgica, Eduardo Parente, o diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Ceará (SENAI-CE), Paulo André Holanda, além do diretor administrativo, Stan Lee, e executivos da empresa. A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) é parceira do PJA, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-CE). 

Os aprendizes participarão de duas modalidades de curso: Operador de Processos Siderúrgicos (20 aprendizes) e Operador de Manutenção Eletromecânica (15 aprendizes). A aprendizagem contempla seis meses de duração, com carga horária de 8 horas/dia, sendo 50% das aulas teóricas ministradas no Centro de Treinamento da CSP pelo Senai-CE. A prática profissional, correspondente a 50% do treinamento, acontecerá nas áreas produtivas da usina, com acompanhamento de um padrinho da empresa e um supervisor do Senai-CE.    

Jane Andrade, 22, de São Gonçalo do Amarante, faz parte da primeira turma do PJA. Sua formatura será em outubro e ela afirma que está sendo uma experiência enriquecedora. “A gente tem a possibilidade de conviver com pessoas que têm muita experiência em siderurgia. Eles passam essa paixão para a gente que está aprendendo. Essa paixão certamente vai se transformar em conhecimento e profissionalismo para o trabalho e para a vida”, afirmou. 

Investimentos em capacitação profissional

 A CSP fechará 2017 com 70 vagas preenchidas no PJA e investimentos da ordem de R$ 1 milhão. “Fico muito feliz com o impacto que estamos tendo na vida das pessoas em nossa região e o Programa Jovem Aprendiz se insere nesse contexto. Estamos trazendo desenvolvimento econômico e social para as comunidades vizinhas e acreditamos que o futuro da região será muito diferente do presente e com muito mais oportunidades”, declarou Eduardo Parente, presidente da CSP.

O gerente geral de Recursos Humanos da CSP, Gustavo Favato, destacou que foram 12 mil inscrições para o processo seletivo do PJA. “Isso nos traz a oportunidade de preparar os futuros profissionais da siderurgia em nossa região. E são vocês que reforçam a nossa confiança de que vamos ter um grande diferencial em termos de profissionais qualificados no setor. ”

Já o diretor regional do Senai-CE, Paulo André Holanda, reforçou que “a parceria com a CSP pode ser resumida em determinação, de gerar, junto com os aprendizes, os melhores resultados em qualificação de jovens profissionais”.


Andreh Jonathas

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]