São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sábado 18 de novembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.319 - Visualizações: 19.422.689 - Postagens: 32.192

Manifestação em apoio à Lava Jato e a Sérgio Moro atraiu apenas três manifestantes em Curitiba



Sérgio Moro no gueto de Curitiba


Por Esmael Moraes | 9 de julho de 2017

O erro de cálculo da força-tarefa lava jato empurrou de vez o juiz Sérgio Moro para o gueto.
O advogado Masael Caetano dos Santos, conhecido como “Advogado dos Pobres”, registrou neste sábado (8), no Centro de Curitiba, o fiasco de uma manifestação em apoio à lava jato, Moro & Cia.

Apenas três manifestantes atenderam à convocação do MBL e do movimento O Sul é o meu País, que defende a divisão dos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul do resto do país.

Neste domingo (9), no tradicional Parque Barigui, também na capital paranaense, o fiasco não foi menor. Seis pessoas compareceram ao comício pela lava jato e pela intervenção militar.

O discurso de todos esses grupos de extrema-direita, para angariar simpatia dos mais desavisados, era que seriam protestos em apoio à lava jato, não contrários ao ex-presidente Lula. Entretanto, os organizadores foram traídos pelas camisetas que pregavam “Lula nunca mais”.

Lava jato desgraçou o país

Sob o signo do combate à corrupção, a lava jato jogou o país numa crise política e econômica cuja faceta mais triste é o desemprego de 14 milhões de brasileiros.

Some-se ao desemprego de pais, mães e jovens, a lava jato propiciou a ascensão de Michel Temer (PMDB) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), via golpe de Estado, bem como a derruba da presidente eleita Dilma Rousseff (PT).

A instalação dos golpistas no poder, segundo o “insuspeito” O Globo, recolocou o Brasil no mapa da fome da ONU. A situação tende a piorar com a aprovação da reforma trabalhista esta semana, de acordo com especialistas.

Gueto e saída

Tal militância política de procuradores e do juiz da lava jato é que os botou no gueto de Curitiba. O erro de cálculo da força-tarefa foi apenas a pá de cal.

Portanto, só há uma solução possível para recuperar novamente o Brasil: restauração da democracia pelo voto direto; somente a eleição direta é capaz de devolver o protagonismo ao povo e a legitimação ao governo.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]