São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sexta-feira 24 de novembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.325 - Visualizações: 19.422.689 - Postagens: 32.192

Apertem os cintos, o prefake sumiu! ViajanDoria abandona SP e faz campanha em Palmas


Apertem os cintos, o prefake sumiu! Com a cidade de São Paulo cheia de buracos, o prefake João Doria (PSDB) desistiu de governar e se lançou de vez em sua campanha presidencial; nesta segunda-feira, 14, ele chega à capital do Tocantins para se reunir com o prefeito Carlos Amastha (PSB) e participará de encontro estadual do PSDB, onde fará palestra sobre "gestão pública pautada pela ética e pela eficiência"; Doria já traiu seu padrinho Geraldo Alckmin e tenta dominar o PSDB em seu projeto pessoal de poder; desde que assumiu a prefeitura, o tucano já passou 30% do tempo viajando

13 DE AGOSTO DE 2017

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), desistiu de governar e se lançou de vez em sua campanha presidencial. Nesta segunda-feira, 14, ele chega a Palmas, para agenda extensa de compromissos partidários. Junto com o senador Ataídes Oliveira, presidente estadual do PSDB, Doria participa do segundo encontro estadual da legenda, que promete filiar ao PSDB mais de 20 prefeitos tocantinenses.

Doria ministrará palestra sobre a importância de uma gestão pública pautada pela ética e pela eficiência. "Uma boa gestão se reflete em mais desenvolvimento, mais empregos e qualidade de vida para a população. É essa a orientação expressa no PSDB", diz o senador Ataídes Oliveira.

Ainda na capital tocantinense, João Doria se reúne com o prefeito Carlos Amastha (PSB) e com o prefeito de Campinas, Jonas Donizete (PSB) em encontro da cúpula da Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Junto com representantes do Conselho de Inovação e Desenvolvimento Econômico de Palmas (Cidep), os prefeitos irão debater sobre os rumos que as cidades e o Brasil devem tomar através de "gestões inovadoras".

"Para nós é uma honra ter esses dois prefeitos de Campinas e São Paulo desfrutando do calor de Palmas e o mais importante é que não se trata de uma reunião política, e sim, uma discussão muito maior que ideologias de partidos", disse o prefeito Amastha.

João Doria já traiu seu padrinho político, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e tenta dominar o PSDB em seu projeto pessoal de poder. O prefeito tem sido criticado por abandonar a gestão da maior cidade da América Latina para fazer política. Desde que assumiu a prefeitura, o tucano já passou 30% do tempo viajando.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]