São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quarta-feira 16 de agosto de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.219 - Visualizações: 17.954.957 - Postagens: 31.406

Chefe do TRF-4 é outro juiz que demostrou não ter imparcialidade para julgar o caso Lula




06/08/2017 - Ao se declarar feliz com a sentença que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e meio de prisão (saiba mais aqui), mesmo reconhecendo que ele não é dono do triplex do Guarujá (SP), o presidente do Tribunal Federal Regional da quarta região, Carlos Eduardo Thompson Flores, se mostrou impedido de atuar no caso; embora não seja um dos desembargadores da turma que atuaria no processo, ele poderia vir a ser chamado a resolver eventuais impasses, como demonstrou o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins; ao se colocar na torcida, ele não só pressionou os colegas, como também demonstrou não ter imparcialidade para acompanhar o caso; "Todo cidadão tem direito a um julgamento justo, imparcial e independente", lembra Zanin.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]