São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sábado 21 de outubro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.291 - Visualizações: 18.935.765 - Postagens: 32.192

Congresso de corruptos salva Temer e deixa o Brasil governado pelo crime organizado. Veja os traidores do Ceará



02/08/2017 - Um Congresso Nacional formado majoritariamente por corruptos, que se venderam a Michel Temer, denunciado por corrupção em razão das propinas pagas pela JBS, salvou, nesta quarta-feira, o governo mais sujo da história do Brasil; numa data que ficará gravada na história do Brasil como um dia da infâmia, Temer exonerou dez ministros, incluindo seu articulador Antônio Imbassahy, do PSDB, que comprou votos em plena sessão; operação para salvar Temer custou cerca de R$ 17 bilhões, em emendas e perdões de dívidas de setores como o ruralista, que ajuda a formar a base de Temer; com isso, conclui-se mais uma etapa do golpe dos corruptos contra a presidente honesta Dilma Rousseff – o que deixa o Brasil sequestrado, dominado e governado pelo crime.

TRAIDORES DO CEARÁ

Aníbal Gomes (PMDB)
Macedo (PP)
Moses Rodrigues (PMDB)
Paulo Henrique Lustosa (PP)
Vaidon Oliveira (DEM)
Gorete Pereira (PR)
Danilo Forte (PSB)
Domingos Neto (PSD)
Genecias Noronha (SD)


1 comentários:

Cícero disse...

Denunciado por crime de corrupção passiva, rejeitado por 93% da população, capacho das elites nacionais e inimigo algoz do povo brasileiro, Temer será lembrado no futuro como uma das páginas mais sujas, tristes e iníquas da história política do Brasil.

Alvo de graves denúncias, o golpista Temer insiste em se manter no Poder abraçado a outros políticos fartamente delatados na lava jato, velhos conhecidos da crônica policial, pilantras vocacionados que fazem da política nacional um antro de negociatas e conluios.

Um presidente refém de sua própria mediocridade e acentuada estupidez, que vive escondido em seu "bunker" de estimação - o Jaburu -, onde costuma receber seus "pares" e até bandidos na calada da noite, para tramar contra a nação... Um presidente que não pode andar nas ruas do País sob pena de ser linchado pelas multidões... Um presidente, enfim, com alto índice de impopularidade e rejeição como o golpista Temer, pela lógica, já deveria ter sido destituído.

Mas "Temer não cai porque tem um sindicato de ladrões que o sustenta", conforme bem observa Guilherme Boulos, do MTST.

Muitos dos que votaram a favor do arquivamento da denúncia contra Temer são vigaristas veteranos que já não se acanham quando chamados de golpistas pelo povo nas ruas, que já não se constrangem quando chamados de corruptos nos aeroportos da vida. Perderam completamente a vergonha!!!

Mas é preciso investigar os deputados que livraram o golpista presidente das peias da Justiça; investigá-los, repita-se, para que se possa apurar quanto custou cada um dos respectivos votos favoráveis à corrupção.

Herdeiros malditos da cultura de corrupção que impregna a nação brasileira desde os tempos do Império, Temer e seu grupo deveriam dar graças a Deus por terem nascido no Brasil, e não na China, pois lá, ao contrário daqui, muitos deles já teriam sido condenados à pena de morte por fuzilamento em praça pública, há muito tempo, por se furtarem ao julgamento pela corte máxima de Justiça.

QUE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES NÃO NOS ESQUEÇAMOS DESSES DEPUTADOS PRÓ-TEMER QUE VOTARAM CONTRA A VONTADE DE 93% DO POVO BRASILEIRO !!!!

E que os seus nomes sejam divulgados massivamente nas redes sociais, como cúmplices declarados do crime de que Temer é acusado!!!!

[ Deixe-nos seu Comentário ]