São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - domingo 24 de setembro de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.257 - Visualizações: 18.447.852 - Postagens: 32.052

Prefake Doria falta de novo ao trabalho, é chamado de fascista e vê totalitarismo


24/08/2017 - Em mais uma de suas viagens, desta vez ao Espírito Santo, onde foi fazer campanha presidencial antecipada, o prefeito de São Paulo, João Doria, classificou como totalitárias as críticas às suas viagens; Doria foi a Vila Velha receber um título de cidadão honorário sem jamais ter pisado na cidade – e foi recebido aos gritos de fascista, tendo que entrar pelos fundos para ganhar sua homenagem; "No dia que alguém for impedido pelo Ministério Público ou pelo desejo de petistas de viajar por seu próprio país, teremos instalada a ditadura e o totalitarismo", afirmou; críticas a Doria, no entanto, têm sido feitas por aliados como o governador Geraldo Alckmin, do PSDB, que o veem ausente do cargo para o qual foi eleito.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]