São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - segunda-feira 25 de setembro de 2017 - Ano: IX - Edição: 3.258 - Visualizações: 18.447.852 - Postagens: 32.052

Senador Lindbergh Farias denuncia acordo de Palocci com Moro para proteger crimes da Globo em delação


Palocci tentou delatar a Globo mas, de repente, mudou de ideia?


13/09/2017 - Em vídeo publicado na sua página no Facebook, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) questiona, além do conteúdo, as circunstâncias do novo depoimento do ex-ministro Antônio Palocci ao juiz Sérgio Moro. Lindbergh observa que Palocci concentra sua fala exclusivamente em Lula e no PT, e "esquece" de falar sobre promessas que havia feito de delação ao próprio Moro anteriormente, sobre bancos e empresas de comunicação.

Para o senador, o ex-ministro fez "acordo" com Moro para proteger a Globo.

"Nesse último depoimento sumiu qualquer referência a mercado financeiro, a bancos e a empresas de comunicação. Porque no depoimento anterior ao juiz Sérgio Moro, ele disse que tinha muitas histórias para contar. Falou de empresas de comunicação que foram salvas pelo governo. É claro que ele estava falando da Globo. Em todos os momentos, Moro interferia, tentava mudar o foco. Agora, nesse último depoimento, foi só Lula, só PT, bem ao gosto do pessoal da Lava Jato", diz o senador.

Lindbergh estranha ainda o momento em que acontece o novo depoimento de Palocci.

"Agora, chama atenção o momento em que acontece o depoimento do Palocci: logo depois da caravana pelo nordeste, uma caravana maravilhosa, que mobilizou milhares de pessoas que queriam escutar o Lula. E na véspera de um novo depoimento, porque Lula vai de novo a Curitiba na quarta-feira (13) prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro. E num momento em que a PGR tem que dar explicações", diz o senador.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]