São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sexta-feira 24 de novembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.325 - Visualizações: 19.422.689 - Postagens: 32.192

Globo a inimiga Nº 1 do Brasil exalta na primeira página do seu jornalão a venda do pré-sal para os estrangeiros


O jornal O Globo já não se preocupa mais em disfarçar seu entreguismo; a manchete do periódico da família Marinho nesta segunda exalta a venda do patrimônio do pré-sal a petroleiras estrangeiras


16 DE OUTUBRO DE 2017

O jornal O Globo publicou nesta segunda-feira uma reportagem em que exalta a venda do pré-sal a grupos estrangeiros.

"O Brasil realiza, no dia 27 de outubro, a mais aguardada oferta de campos de exploração de petróleo e gás no mundo, com o segundo e terceiro leilões de áreas do pré-sal. O apetite das gigantes petrolíferas é tão grande que estimam-se ganhos superlativos para o país com as rodadas.

De acordo com cálculos da Agência Nacional do Petróleo (ANP), os oito blocos a serem leiloados vão gerar US$ 36 bilhões (cerca de R$ 115 bilhões pelo câmbio atual) em investimentos.

Boa parte desses recursos será convertida em encomendas à indústria e em novos serviços pelos próximos sete a dez anos. O desenvolvimento dessas novas reservas — estimadas em 4,4 bilhões de barris de petróleo no mínimo, ou mais de um terço das reservas provadas do país, de 12,5 bilhões de barris — vai gerar cerca de 500 mil novos empregos, segundo projeções da Abespetro, associação que reúne as empresas prestadoras de serviços para o setor.

Os dois certames serão feitos para exploração sob o regime de partilha. Nesse modelo, vence quem oferecer o maior lucro para a União em petróleo, o chamado óleo-lucro. Por isso, foi instituído um bônus fixo para cada uma das áreas, somando R$ 7,75 bilhões. A ANP estima que essas reservas, ao serem desenvolvidas, vão gerar cerca de US$ 130 bilhões em royalties, óleo-lucro e imposto de renda."


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]