São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sexta-feira 24 de novembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.325 - Visualizações: 19.422.689 - Postagens: 32.192

Lula promete devolver a democracia para o povo brasileiro


No encerramento de sua caravana por Minas Gerais, Luiz Inácio Lula da Silva exaltou sua disposição para "virar o jogo e trazer a democracia de volta" ao Brasil; "Estou perdoando os golpistas que fizeram essa desgraça no país", disse em referência a Juscelino Kubitschek, que perdoava os militares após tentativas de derrubá-lo; Lula discursou em Belo Horizonte, onde encerrou nesta segunda (30) sua caravana por Minas Gerais; durante oito dias, ele percorreu 20 cidades pelo interior do Estado; afirmando ter convicção de que é possível recuperar o país, ex-presidente voltou a defender um referendo revogatório e a democratização dos meios de comunicação


31 DE OUTUBRO DE 2017

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que está "perdoando os golpistas" e que é perseverante para "virar o jogo e trazer a democracia de volta".

"Estou perdoando os golpistas que fizeram essa desgraça no país", disse em referência a Juscelino Kubitschek, que perdoava os militares após tentativas de derrubá-lo.

Lula discursou em Belo Horizonte, onde encerrou nesta segunda (30) sua caravana por Minas Gerais. Durante oito dias, ele percorreu 20 cidades pelo interior do Estado.

Afirmando ter convicção de que é possível recuperar o país, ex-presidente voltou a defender um referendo revogatório e a democratização dos meios de comunicação.

"Se o PT não tiver alternativa, se a esquerda não tiver alternativa, eu posso voltar a ser candidato", afirmou.

A defesa da ascensão da classe média e dos programas na área de educação pautaram o discurso do petista.

Lula também criticou as medidas deMichel Temer (PMDB), afirmando que ele "praticou um aborto no futuro do país".


As informações são de reportagem de Carolina Linhares na Folha de S.Paulo.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]