São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sexta-feira 20 de Julho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.563

Temer está criando a maior dívida fiscal entre 40 países, aponta FMI


REUTERS/Ueslei Marcelino | Reprodução


12/10/2017 - País será o emergente de maior dívida em 2019, superando Ucrânia e Egito, e ter endividamento perto de 100% do PIB em 2022, prevê o Fundo Monetário Internacional (FMI), num estudo em que considera 40 países emergentes; neste ano, o indicador deverá subir de 78,3% para 91,1%, já fazendo com que pulemos para o posto de terceiro emergente mais endividado, diz ainda o relatório "Monitor Fiscal"; histórico mostra que a dívida caiu com o governo Lula, se manteve estável com Dilma Rousseff e disparou com o golpe.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]