São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 12 de dezembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.343 - Visualizações: 19.638.129 - Postagens: 32.192

Em novo depoimento, delator cita propinas pagas pela Globo para adquirir direitos nas Copas de 2026 e 2030


Reuters / Mauricio Lima


15/11/2017 - O empresário Alejandro Burzaco, que ontem delatou propinas supostamente pagas pela Globo para adquirir direitos de transmissão da Libertadores e da Sulamericana, prestou novo depoimento nesta quarta-feira 15; de novo, mais artilharia contra a emissora da família Marinho; ele afirma que a Globo participou de uma esquema de US$ 15 milhões em propinas – o equivalente a R$ 50 milhões – para assegurar direitos de exclusividade nas Copas de 2026 e 2030; ele também citou uma complexa engenharia financeira, que fez com que o dinheiro fosse pago por meio de subsidiárias na Holanda, país que funciona como paraíso fiscal para multinacionais; depois, a propina foi transferida ao banco suíço Julius Baer, o que indica que ela poderá ser rastreada pela Justiça americana e pela brasileira – neste caso, claro, se houver interesse.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]