São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 12 de dezembro de 2017 - Ano: X - Edição: 3.343 - Visualizações: 19.638.129 - Postagens: 32.192

Grêmio bate o Lanús na Argentina e conquista a Copa Libertadores 22 anos depois


Tricolor gaúcho venceu os argentinos na partida de volta por 2 a 1 e garantiu o título. Equipe já havia sido campeã do torneio em 1983 e 1995


30/11/2017 - Após 22 anos, o Grêmio voltou a conquistar a Copa Libertadores nesta quarta-feira, 29, ao bater o Lanús por 2 a 1, na Argentina. Os gols do tricolor gaúcho foram marcados por Fernandinho e Luan. Sand diminuiu para os hermanos na segunda etapa.

Em jogo tenso, o tricolor gaúcho dominou o primeiro tempo. A equipe brasileira poderia ter feito mais do que os dois gols marcados, diante do controle em campo na etapa inicial. Já no segundo tempo, o Lanús voltou pressionando para tirar o prejuízo, enquanto o Grêmio recuou bastante, apostando nos contra-ataques.

O Lanús só chegou ao gol aos 27 minutos da etapa final, após pênalti cobertido por Sand. Quase 10 minutos depois, Ramiro foi expulso, dando tons dramáticos a partida. Mesmo com um a menos, o Grêmio segurou a pressão argentina e ficou com o título, tendo em vista que também venceu o jogo da ida, em Porto Alegre, por 1 a 0.

O Tricolor quebrou a zica de nunca ter derrotado um clube argentino na final da Libertadores. Além disso, diminuiu a vantagem hermana de nove vitórias contra cinco dos brasileiros em confrontos diretos nas decisões do torneio continental. A conquista ganhou ares ainda mais especiais e mitológicos com o time campeão sendo comandado pelo ídolo gremista Renato Portaluppi.


A conquista da Libertadores em 2017 é a terceira da história do clube gaúcho. Em 1983, o Grêmio foi campeão diante do uruguaio Peñarol; e em 1995, conquistou o torneio vencendo o Atlético Nacional da Colômbia.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]