São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 24 de abril de 2018 - Ano: X - Edição: 3.476 - Visualizações: 21.650.328 - Postagens: 33.408

Governo do Estado do Ceará assina contrato de fornecimento de gás natural para a CSP


23/12/2017

O contrato foi assinado pelo governador do Ceará, Camilo Santana, o presidente da Cegás, Hugo Figueirêdo, e o presidente da CSP, Eduardo Parente, em solenidade no palácio da Abolição, sede do governo cearense.

O governador do Ceará, Camilo Santana, o presidente da Companhia de Gás do Ceará (Cegás), Hugo Figueirêdo, e o presidente da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), Eduardo Parente, assinaram nesta quinta-feira (21) um contrato de fornecimento de gás natural para a unidade desta empresa na área do Porto do Pecém, em São Gonçalo Amarante.

A assinatura ocorreu no palácio do Abolição, sede do governo cearense, em solenidade com as presenças do secretário da Infraestrutura, Lúcio Gomes, do diretor Administrativo e Financeiro da Cegás, Fábio Norcio, e do diretro da CSP, Dong Ho Kim.

A CSP vai consumir gás natural em seu processo produtivo, especificamente para utilização nas áreas de aciaria, lingotamento contínuo e manutenção central, em regime de fornecimento ininterrupto.

A Cegás executou a infraestrutura necessária para que haja o fornecimento de gás natural, incluindo-as a execução do projeto básico, construção de ramais de gasoduto, bem como todos os serviços adicionais necessários para o transporte do insumo.

O governador Camilo Santana disse que a assinatura do contrato foi um passo importante para o futuro do Complexo Portuário do Pecém. “A CSP é o maior empreendimento privado do Ceará e um dos maiores do Brasil. E agora a Cegás passa a fornecer um gás mais barato para a CSP, constituindo um ganho para a empresa e fortalecendo o setor”, disse Santana.

O governador destacou ainda o papel da Cegás na geração de energia para o setor produtivo cearense. “A diretoria e os funcionários da Cegás estão de parabéns pelo desempenho da empresa. A Cegás está entre as 20 maiores empresas cearenses, é responsável pela produção de boa parte da energia consumida no Ceará e agora dá uma contribuição importante para o futuro do Complexo Portuário do Pecém”, disse.

O presidente da Cegás, Hugo Figueirêdo, disse que a assinatura do contrato reafirma o compromisso da Cegás em ter um papel ativo na viabilização dos principais projetos estruturantes do Estado do Ceará. “O gás natural é um enérgico estratégico para o setor industrial, um segmento que é fundamental para o desenvolvimento do nosso Estado. O gás natural da Cegás já é o insumo responsável pela geração de 20% da energia elétrica consumida no Ceará”, diz Figueirêdo.

O presidente da CSP, Eduardo Parente, disse que o gás natural fornecido pela Cegás traz vantagens econômicas e operacionais para a sua empresa. “O importante é garantirmos um suprimento de qualidade, com alta confiabilidade e um gás que é muito competitivo, ajudando a gente a ter posicionamento melhor no mundo do aço, para que a gente possa sonhar ainda mais a partir de hoje”, afirmou.

A Companhia Siderúrgica do Pecém foi projetada para ter uma capacidade de 3 milhões de toneladas de placas de aço anuais em sua primeira fase e, após 9 meses do alto-forno ser aceso, já produziu 1 milhão e 600 mil toneladas de placas de aço.

O produto final da primeira usina integrada da região Nordeste teve como destino mais de 13 países de quatro continentes. Com tecnologia moderna para a produção de aços de baixo carbono, ultrabaixo carbono, médio carbono, peritético, ligados (HSLA) e API, a CSP contou com a transferência de tecnologia da empresa coreana Posco.


Paulo Mota

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]