São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quarta-feira 21 de Fevereiro de 2019 - Ano: X - Edição: 3.414 - Visualizações: 20.852.299 - Postagens: 32.877

Com apartamento em Paris, FHC comemora e diz que Huck não desistiu. Para a JU$TI$$A isso não vem ao caso

 Um dos principais articuladores dos golpes de 2016 (derrubada de Dilma) e de 2018 (inabilitação de Lula), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso comemorou a decisão do TRF-4, disse que o "jogo começa agora" e também afirmou que "Luciano Huck não desistiu"; detalhe: segundo sua ex-amante, a jornalista Miriam Dutra, FHC é mesmo o dono de um apartamento na Avenue Foch, um dos endereços mais caros de Paris, embora o imóvel esteja em nome de um laranja; Lula foi condenado por um imóvel que não lhe pertence


25 DE JANEIRO DE 2018

Tendo à sua disposição um apartamento numa das avenidas mais caras de Paris, segundo foi confirmado por sua ex-amante, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso comemorou a condenação do ex-presidente Lula no TRF-4,.

Encerrado o julgamento, FHC comentou: "O jogo começa agora", afirmou em entrevista ao Valor.

O tucano se referia à composição das forças políticas para as eleições presidenciais de outubro.

O ex-presidente, peça fundamental do golpe, afirma ainda que o apresentador de TV Luciano Huck não está definitivamente fora do páreo nas eleições de 2018.

"Luciano não desistiu", disse FHC, de quem é amigo.

Fernando Henrique está ciente da falta de preparo do apresentador para enfrentar as artimanhas e ardis dos políticos profissionais do Congresso. "Gosto do Luciano, sou amigo da família, mas ele é muito cru para ser presidente da República", salientou. "Não acho que ele seja a maior possibilidade". O ex-presidente, no entanto, avalia que se a candidatura de Alckmin não se firmar abre-se espaço para o apresentador de TV concorrer.

Apartamento

Ao contrário de Lula, FHC é proprietário de um apartamento de luxo na Europa.


De acordo com sua ex-amante, a jornalista Mirian Dutra, FHC mantém um apartamento caríssimo em Paris no nome de um laranja: seu ex-aluno Jovelino Mineiro, que seria operador do tucano também em outras transações.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]