São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 17 de Julho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.560

Flávio Dino detona Sérgio Moro, uma argumentação jurídica precária e dissociada da prova dos autos


Aprovado em primeiro lugar no mesmo concurso prestado por Sérgio Moro, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que também é juiz, criticou a possibilidade de condenação do ex-presidente Lula pelo TRF-4 no próximo dia 24; "Li e reli a sentença sobre o tal 'triplex do Guarujá'. Não consigo crer que 3 desembargadores federais vão confirmar uma argumentação jurídica tão precária e dissociada da prova dos autos, apenas por questões políticas ou por 'pressão'. Não creio", escreveu Dino em sua página no Twitter; o recurso de Lula contra a sentença de Sérgio Moro será julgada pelos desembargadores João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor dos Santos Laus

4 DE JANEIRO DE 2018

Maranhão 247 - Aprovado em primeiro lugar no mesmo concurso para juiz federal prestado por Sérgio Moro, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), criticou a possibilidade de condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) no próximo dia 24.

"Li e reli a sentença sobre o tal 'triplex do Guarujá'. Não consigo crer que 3 desembargadores federais vão confirmar uma argumentação jurídica tão precária e dissociada da prova dos autos, apenas por questões políticas ou por 'pressão'. Não creio", escreveu Dino em sua página no Twitter.

O recurso do ex-presidente Lula contra a sentença de condenação a nove anos e meio feita por Sérgio Moro será julgada pelos desembargadores João Pedro Gebran Neto, relator da matéria, Leandro Paulsen e Victor Luiz dos Santos Laus. A defesa de Lula pediu ao TRF-4 que ele seja ouvido no dia 24, antes do julgamento do recurso.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]