São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 20 de Fevereiro de 2018 - Ano: X - Edição: 3.414 - Visualizações: 20.852.299 - Postagens: 32.877

‘Lula é inocente e está sendo condenado. Os com malas de dinheiro, estão livres’


Presidente deposta Dilma Rousseff afirmou, durante ato em Porto Alegre nesta terça-feira 23, "estar claro que há uma crescente indignação" contra o julgamento do ex-presidente Lula; "Por que o Lula está sendo condenado sendo inocente? Enquanto isso, outros, com gravações, com mala de dinheiro, subindo e descendo, estão protegidos e podem concorrer livremente e não estão submetidos à Justiça", disse em referência à mala com R$ 500 mil apreendida pela Polícia Federal em posse do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor direto de Michel Temer


23 DE JANEIRO DE 2018

A presidente deposta Dilma Rousseff afirmou "estar claro que há uma crescente indignação" contra o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que acontecerá nesta quarta-feira (24), no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre.

"Por que o Lula está sendo condenado sendo inocente? Enquanto isso outros, com gravações, com mala de dinheiro, subindo e descendo, estão protegidos e podem concorrer livremente e não estão submetidos à Justiça", disse Dilma em referência à mala com R$ 500 mil apreendida pela Polícia Federal em posse do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor direto de Michel Temer.

As declarações de Dilma foram feitas nesta terça-feira (23) durante sua participação no ato "Mulheres pela democracia e pelo direito de Lula ser candidato", em Porto Alegre. O ato estava marcado para o início da manhã, mas uma queda de energia atrasou a programação, o que foi visto com desconfiança pelos participantes do evento. "As forças de direita operam com todas as armas", observou a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). O evento acabou sendo realizado do lado externo, com a ajuda de uma caminhão de som.

"Se pensaram que iam apagar a luz da Assembleia e apagar a nossa luta, estavam redondamente enganados", disse a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR).


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]