Ferroviário bate o Sport nos pênaltis e consegue classificação histórica na Copa do Brasil


16/02/2012 - O Ferroviário conseguiu uma classificação histórica diante do Sport, na noite desta quinta-feira, 15, na Ilha do Retiro, em Recife. O Tubarão estava perdendo por 3 a 0 até os 30 minutos do 2º tempo, quando deu início à reação até o empate. A partida precisou ser decidida nas penalidades, com o time coral batendo os pernambucanos por 4 a 3 e avançando para a 3ª fase da Copa do Brasil. O feito garante ao clube da Barra do Ceará mais R$ 1,4 milhão de cota na competição.

Os torcedores presentes na Ilha do Retiro presenciaram uma retomada que vai ficar marcada na história do Ferroviário. A equipe foi presenteada pela entrega máxima dentro de campo, não deixando de desistir de um jogo que já parecia perdido.

A reação do Ferroviário passa pelo técnico Ademir Fonseca, que obrigou o time a se impor diante do Sport, clube que integra a elite do futebol brasileiro. Dentro de campo, o Tubarão, que voltou a disputar a Copa do Brasil após 14 anos de ausência e jogará a Série D 2018, foi buscar o placar com uma partida inspirada de Valdeci, que saiu do banco para servir os companheiros e marcar o terceiro do Ferrão.

O Sport começou a construir o placar no 1º tempo, com gol de Anselmo. No 2º tempo, ampliou com Fabrício e Marlone. O Ferroviário perdia por 3 a 0 até os 30 minutos da etapa final, quando Mazinho descontou de cabeça.

O mesmo Mazinho voltou a balançar as redes aos 37 minutos. E, aos 41 minutos, o incansável Valdeci empatou o jogo. Nos pênaltis, o goleiro Bruno Colaço brilhou e pegou duas cobranças, garantindo o Ferrão na próxima fase da Copa do Brasil.

O Tubarão da Barra enfrenta na terceira fase da Copa do Brasil o vencedor do duelo entre Vila Nova e Joinville, que se enfrentam na próxima quinta-feira, às 19h15min, em Goiânia.


Leia mais em O POVO

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]