São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - Domingo 17 de Junho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.530

Tiririca Huck escreve artigo para se recolher à sua insignificância


Em artigo neste domingo, 18, recheado de platitudes, o apresentador Luciano Huck diz que não será candidato, mas que irá contribuir, com seu "tempo, dedicação e ideias", para "ressignificar a política"; "Da minha parte, vou dedicar todo o tempo e a energia que estiverem ao meu alcance para ajudar a fazer este Brasil que a gente merece definitivamente acontecer. Deste projeto, acredite, estou mais dentro do que nunca!", escreve Huck, talvez se referindo ao projeto de desmonte dos direitos dos trabalhadores e perda da soberania nacional, patrocinado pela sua empregadora, a Globo


18 DE FEVEREIRO DE 2018

O apresentar Luciano Huck escreveu artigo neste domingo, 18, na Folha de S. Paulo para reforçar que não é candidato à Presidência da República.

Num permeado por platitudes, Huck diz que a recorrência desta hipótese em torno do seu nome fez ressurgir uma "espiral positiva de tamanha força que foi humanamente impossível não se deixar tocar".

"Reafirmo minha convicção de que há tempos deixei para trás minha zona de conforto num caminho sem volta; vou servir, contribuir com meu tempo, dedicação e ideias para ressignificar a política no Brasil. Mas isso não se dará por geração espontânea. Temos que nos aproximar, colocar a mão na massa. Só a política pode de fato tirar essas ideias e projetos do papel. Não devemos renegá-la, mas sim ocupá-la com uma nova agenda e uma nova forma de exercê-la, ética e altruísta", diz ele.

Huck, que fala em "ressignificar a política", não mencionou o empréstimo de R$ 17,7 milhões que pegou no BNDES, com juros subsidiados, para comprar um jatinho.

"Da minha parte, vou dedicar todo o tempo e a energia que estiverem ao meu alcance para ajudar a fazer este Brasil que a gente merece definitivamente acontecer. Deste projeto, acredite, estou mais dentro do que nunca!", escreve Huck, talvez se referindo ao projeto de desmonte dos direitos dos trabalhadores e perda da soberania nacional, patrocinado pela sua empregadora, a Globo.



Leia o artigo na íntegra na Folha

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]