São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 22 de maio de 2018 - Ano: X - Edição: 3.504 - Visualizações: 22.150.328 - Postagens: 33.408

Cármen Lúcia decidiu obstruir o STF e trancar a pauta, para não votar o HC de Lula



"A estratégia de Carmem Lúcia em não pautar o HC [de Lula] no pleno do STF é uma tática de plenário comum nos legislativos: obstrução de minoria", afirma o deputado Paulo Pimenta, líder da bancada do PT; "Quando você sabe que vai perder e não tem votos, tranca a pauta para não votar a matéria", explica; "O inusitado é ver isso no judiciário!", espanta-se o deputado


12 DE MARÇO DE 2018

O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), denuncia a estratégia da presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, ao não pautar o habeas corpus da defesa do ex-presidente Lula nem a questão da prisão após condenação em segunda instância, que não atinge apenas Lula, mas milhares de brasileiros presos.

"A estratégia de Carmem Lúcia em não pautar o HC no pleno do STF é um tática de plenário comum nos legislativos: obstrução de minoria", afirma o deputado no Twitter. "Quando você sabe que vai perder e não tem votos, tranca a pauta para não votar a matéria", explica. "O inusitado é ver isso no judiciário!", espanta-se.

"Afinal de contas, na Suprema Corte, guardiã da Constituição Federal, os objetivos e estratagemas de plenário deveriam observar exclusivamente o respeito ao Estado Democrático de Direito. Quando a Presidenta define a pauta em sintonia com os editoriais da grande mídia é preocupante o cenário", critica.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]