São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quarta-feira 23 de maio de 2018 - Ano: X - Edição: 3.505 - Visualizações: 22.150.328 - Postagens: 33.408

Deltan Dallagnol é homenageado com título Doutor Honoris Causa por faculdade não credenciada pelo MEC e seu reitor foi condenado por falsificação de diplomas e certificados




Com o objetivo de promover Deltan, a Folha de S. Paulo registrou o evento com bastante destaque, golpistas só dão fora


4 de Março de 2017 | Poe Esmael Moraes

Depois de ter questionada pelo Congresso a lisura das assinaturas no projeto de iniciativa popular das 10 medidas contra a corrupção, outra vergonha estoura no colo do procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa Lava Jato.

Agora parece que o título Doutor Honoris Causa conferido a Deltan pela desconhecida FACINEPE (Faculdade Centro Sul do Paraná) era na verdade um “cabrito”.

O título foi concedido ao procurador da Lava Jato em outubro de 2016.

Também foram agraciados o apresentador Silvio Santos, o bispo Edir Macedo e o presidente nacional da OAB Claudio Lamachia.

Com o objetivo de promover Deltan, a Folha de S. Paulo registrou o evento com bastante destaque em 03/10/2016.

Por falar em verdade, ou melhor, em pós-verdade, a FACINEP, além de não ser credenciada pelo MEC, seu reitor Faustino da Rosa Junior, foi condenado por falsificação de diplomas e certificados. Essa história quem conta é o jornal porto-alegrense Zero Hora.

A título de comparação, o ex-presidente Lula, a quem Deltan persegue politicamente, possui cerca de 30 títulos de Doutor Honoris Causa concedidos por renomadas universidades de todo o mundo.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]