Globo, que vive de incitar o golpe e o ódio a Lula, agora vê democracia em risco



Depois de apoiar o golpe que destitui a presidente Dilma Rousseff e de incitar o ódio ao ex-presidente Lula, o jornal o Globo agora diz, em editorial publicado nesta quinta, que a democracia brasileira está em risco


29 DE MARÇO DE 2018


O jornal O globo, que apoiou o golpe que derrubou a presidente legítima Dilma Rousseff e tem seguidamente incitado o ódio ao ex-presidente Lula, agora afirma que a democracia brasileira está em risco.

Editorial cínico nesta quinta tenta mostrar a família Marinho preocupada com o futuro democrático do Brasil.

Confira abaixo alguns trechos:

"Tiros na caravana de Lula no Sul e ameaças à família do ministro do Supremo Edson Fachin, relator na Corte de processos da Lava-Jato, entre eles um em que o ex-presidente está condenado já em duas instâncias, são atos repulsivos, antidemocráticos. Protestar é parte do jogo democrático. Jogar pedras, um crime. Atirar, ameaçar de violência extrema, inaceitável.  
Precisam, por óbvio, de rápida e incisiva investigação. O Brasil atravessou boa parcela de seu período republicano sob governos autoritários. Mas já completa 30 anos no estado democrático de direito, cuja pedra fundamental é a Constituição de 88. Estas três décadas são o mais extenso ciclo de equilíbrio institucional da democracia representativa no país."


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]