Preso no Meireles homem suspeito de participar da chacina do Benfica



Ele foi detido na madrugada deste domingo, 11. Com o acusado foram encontradas armas e munições, além de um veículo flagrado por câmeras de segurança no dia do massacre


11/03/2018 - Um homem suspeito de ter participado da chacina do Benfica foi preso na madrugada deste domingo, 11. Ele é a primeira pessoa detida pelo crime que deixou sete mortos em ataques simultâneos no bairro. Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os policiais descobriram a localização de um veículo Fiat Punto que havia sido captado em imagens de câmeras localizadas no entorno da sede da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF). O carro estava na garagem de um prédio no bairro Meireles.

A operação foi conduzida pelas equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). Os agentes da Segurança Pública realizaram buscas no apartamento ao qual a garagem é vinculada, onde encontraram dois revólveres calibre 38, uma pistola .40, munições e carregadores.

O suspeito que estava no imóvel tentou fugir, mas foi contido pelos policiais. Ele já responde pelos crimes de roubo e receptação. Agora, foi autuado por homicídio, posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, resistência, receptação e nas Lei das Organizações Criminosas.

Dentro do automóvel, foram encontrados cartuchos de balas. O material recolhido foi encaminhado para a Perícia Forense do Ceará (Pefoce), onde será comparado com o que já havia sido coletado nos locais dos crimes. A SSPDS não informou o nome do homem preso.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]