São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - sábado 21 de Julho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.564

Vereadora Marielle Franco do PSOL é assassinada no Rio de Janeiro após denunciar policiais



Um crime bárbaro chocou moradores do Rio de Janeiro na noite desta quarta-feira. A vereadora Marielle Franco (PSOL/RJ) foi morta a tiros no centro da cidade. Dias antes, a morte de dois jovens e a truculência policial durante operações na Favela de Acari, na Zona Norte do Rio, foram denunciadas pela vereadora. Marielle compartilhou uma publicação em que comenta que os rapazes foram jogados em um valão. De acordo com moradores, no último sábado, policiais militares do 41° BPM (Irajá) invadiram casas, fotografaram suas identidades e aterrorizaram populares no entorno


14 DE MARÇO DE 2018

A vereadora Marielle Franco (PSOL), do Rio de Janeiro, foi morta na noite desta quarta-feira 14 no bairro do Estácio, no centro da capital fluminense. De acordo com as primeiras informações, ela voltava do evento "Roda de conversa com Mulheres Negras Movendo Estruturas", na Lapa, quando um carro emparelhou ao que ela estava e efetuou disparos, saindo sem roubar nada. O motorista que dirigia o veículo onde estava Marielle também morreu.

Socióloga formada pela PUC-Rio e mestra em Administração Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Marielle, que foi a quinta vereadora mais votada nas eleições de 2016, atuava de forma combativa na Câmara com uma pauta em defesa dos direitos humanos e pela igualdade social.

No final de fevereiro, ela havia sido nomeada relatora da Comissão que iria acompanhar a intervenção federal no Rio.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]