São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - Segunda-feira 25 de Junho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.538

Assaltantes presos em ataque a carro-forte em Fortaleza possuem mais de 50 antecedentes criminais



Barruada e Tetinha já haviam sido presos anteriormente pela DRF


29/05/2018

Assaltantes presos suspeitos de ataque a carro-forte na Aldeota possuem pelo menos 54 antecedentes criminais, sendo que um deles responde a 33 crimes e outro a 21. As prisões aconteceram nesta segunda-feira, 28 e os respectivos flagrantes foram realizados na Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), que também foi responsável pela prisão dos mesmos criminosos em 2015 e 2012.

Um dos suspeitos responde há mais de 20 crimes de roubo. Mas entre os antecedentes também há crime de homicídio, receptação e formação de quadrilha. Já o outro suspeito responde na Justiça a crimes de roubo, formação de quadrilha e tráfico de drogas.

Um deles, o Gilcélio da Costa Lima, conhecido como Tetinha, era um dos fugitivos mais procurados no Estado do Ceará. Ele chegou a fugir da Delegacia de Capturas. Em 2015, Tetinha foi preso em meio a uma quadrilha de assaltantes de banco.

O outro, Rogério Miranda, conhecido como Rogério Barruada, também já foi preso com o Tetinha. Ele era suspeito de crimes como adulteração de veículos. Foi preso em uma operação da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), que evitou uma chegadinha bancária em Pacajus.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]