São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - segunda-feira 23 de Julho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.566

Ladrão que rouba ladrão: bandidos invadem e roubam cofre de casa de Paulo Preto o operador do PSDB



Apontado como operador de propinas do PSDB, o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, mais conhecido como Paulo Preto, teve sua residência invadida por assaltantes no final de abril. Segundo o boletim de ocorrência, os ladrões teriam descoberto a existência de dois cofres no local – sendo que um deles teria sido levado pelos ladrões", assaltantes teriam dito que sabiam onde o operador estava preso no âmbito da Lava Jato e que ele seria morto caso o roubo fosse denunciado à polícia


12 DE MAIO DE 2018

Apontado como operador de propinas do PSDB, o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, mais conhecido como Paulo Preto, teve sua residência invadida por assaltantes no final de abril. Segundo o boletim de ocorrência, os ladrões teriam descoberto a existência de dois cofres no local – sendo que um deles teria sido levado pelos ladrões – e teriam roubado cerca de R$ 7,3 mil, joias, quatro relógios, um jogo de faqueiro de prata, três aparelhos de TV, um par de tênis, três óculos escuros, uma bolsa de viagem e perfumes femininos. Caso foi denunciado no dia 30 de abril, quando Souza hjá estava preso preventivamente no âmbito da Operação Lava jato. Ele foi solto nesta sexta-feira (11) por uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar mendes.

Segundo o caseiro Sérgio Luiz dos Santos Júnior os ladrões tentaram invadir o local em duas ocasiões, a primeira delas no dia 28 de abril. Os ladrões teriam invadido a residência após dominarem o empregado. Ainda segundo ele, os 'indivíduos usavam touca de motoqueiro e ambos tinham armas de fogo'

"Um indivíduo ficou vigiando a vítima Sérgio na cozinha e o outro revirou a casa e veio com cofre na mão, abriram na sua frente o cofre e perguntaram se havia mais cofre, o mesmo disse não sei, levaram para dentro da casa da vítima Paulo e continuaram a revirar a casa, onde acharam outro cofre", registra o Boletim de Ocorrência..

"A vítima Sérgio ainda disse que os indivíduos perguntaram em relação das motos que há na casa, o mesmo disse que disse que as motos eram do patrão e que tinham rastreado, na data de ontem falaram para a vítima Sérgio que sabiam onde o pai dele mora. Também disseram, nós sabemos onde seu patrão está preso, se a madame chamar a polícia e registrar BO", diz outro trecho do documento policial.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]