São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - segunda-feira 23 de Julho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.566

Maristela filha de Temer não tem comprovantes de R$1,5 milhões de reais da reforma da sua mansão



Maristela, filha de Temer, disse à PF que em 2014 fez a reforma em sua casa com dinheiro da mãe e empréstimos que não tem nenhuma comprovação


05/05/2018

A investigação da PF aponta que Temer poderia ter recebido propina do coronel João Baptista Lima, intermediador entre Temer e empresas do setor portuário, que teriam dado a propina para a assinatura de um decreto, que foi assinado por Temer no ano passado.

Segundo a investigação, esse dinheiro, tem origem na JBS e uma empresa contratada pela Engevix, em torno de 2 milhões de reais, e para lavar ele Temer teria feito reformas nas casas de familiares, como é o caso da casa de Maristela. Ainda, Maristela confirmou à PF que quem pagava algumas contas da reforma era Maria Rita Fratezi, esposa do coronel Lima.

Esse é mais um daqueles casos revoltantes, que escancaram os privilégios dos políticos como Temer e toda sua corja, com o dinheiro de esquemas de corrupção que só atendem a interesses das grandes empresas, escancaram o que significa o governo golpista de Temer e o próprio Estado como um balcão de negócios da burguesia, como dizia Marx.

A reforma na casa da filha de Temer teria custado cerca de $1,5 milhões de reais, um escândalo que tenha alguns fazendo reformas milionárias em suas mansões, enquanto milhares de famílias hoje não tem casas para morar, como são as famílias que ocupavam o prédio no Largo do Paissandu.

Também não é com essa investigação da PF e do judiciário arbitrário, que não foram eleitos por ninguém e também são regados a privilégios, com super salários e auxílio moradia de mais de 4 mil reais, que podemos ter nenhuma confiança que vai se combater a corrupção.

Tanto o combate à corrupção e os privilégios, quanto toda miséria das moradias no país, só podem ser resolvidas de fundo, se estiverem nas mãos dos trabalhadores, enfrentando os interesses capitalistas e os ricos salários dos políticos e juízes, defendendo que ganhem igual ao salário de um professor e que sejam eleitos e revogáveis. Que os julgamentos desses corruptos sejam feitos por júri popular e defendendo que o dinheiro que vai hoje pra dívida pública, vá para moradias populares.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]