São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 19 de Junho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.532

Prêmio a Sérgio Moro nos EUA foi uma recompensa por serviços prestados, afirma Celso Amorim




25 DE MAIO DE 2018

O ex-ministro das Relações Exteriores dos governos Lula, Celso Amorim, disse não acreditar em coincidências ao comentar o prêmio concedido pela Câmara do Comércio Brasil-EUA a Sergio Moro, da Lava Jato. A declaração foi feita ao jornalista norte-americano Brian Mier, do site Brasil Wire.

"Nesta semana o Juiz Moro - é uma coisa incrível até do ponto de vista das aparências -, o homem que conduziu a investigação e a condenação de Lula, está recebendo um prêmio na Câmara de Comércio Brasil-EUA. Isso é uma coincidência? Eu não sei. Na política eu não acredito em coincidências, tudo está relacionado de alguma forma. Então, acho que esse é o fato mais revelador sobre o que está acontecendo no Brasil. O juiz está sendo recompensado pelo bom serviço que prestou", declarou o ex-chanceler.

"Eu não estou dizendo que ele recebeu dinheiro ou algo assim, mas ele está sendo reconhecido como o homem do ano porque foi capaz de colocar Lula na prisão. Em latim, há uma expressão, et quid prodest, 'quem lucra com isso'. Então, eu acho que o prêmio dá a resposta", completou. No evento em Nova York, Moro tirou foto posada e sorridente ao lado do ex-prefeito e pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, João Doria.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]